Share

“Contar a vida como se pérolas nos escoassem pelas mãos…

A morte enfim tem presença nas horas em que nunca as queremos. Mas ela está aí inteira e real. Não para ser horrenda, mas para nos alertar do melhor viver. Não se assustem pelo termo do tema. Em nada minha fala tem haver assim.
Descobri o tempo da melhor vontade, quando ainda era pouco meu estar aqui. Por isso tenho velas abertas que me levam ao vento do bom sentir.
Ainda sou mensageiro da esperança e carrego comigo doses fortes do querer sonhar o mais bonito da vida. Hoje contabilizo o tudo que poderia ser história e percebo de minhas percepções equivocadas em não ver o lindo e vivê-lo.
Só falo para lembrar, do que é nosso destino perfeito. Ser luz e vida e ter nas mãos flores que falam de nossos atos fraternos, dignos e afetuosos.
Por isso, não quero perder o instante. E me permito aceitar o olhar de quem quero ver por muito ainda.
Falar do se jogar intensamente me fascina e daí tento fazer coro em meu andar. Sei que estou voltando para beleza de Deus a cada dia, então penso no sol que me ilumina e tento imitá-lo.
Quero atender plenamente à nossa vocação em ser feliz.”
Paulo Barata

Meu amigo Paulo Barata escreveu o texto acima em momento de grande inspiração. Queria compartilhar essa bela peça literária com aqueles que vêm me visitar, pois considero obras literárias, dádivas divinas que carecem de leitores para alimentar as células do corpo que precisa crescer.
Nunca estamos acabados. O aperfeiçoamento é uma necessidade da alma, do espírito e da matéria. Sem leituras proveitosas, dificilmente cumpriremos esse mister.

Hoje, 29 de janeiro, estou fazendo novamente aniversário. Mas hoje não quero só passar a contar um ano a mais na minha idade. Não quero também só receber telefonemas de felicitações e parabéns como em anos anteriores. Quero hoje, um dia diferente!
Quero sentir a beleza de me redescobrir, abraçar os amigos e amigas que me são caros, sentir o prazer de saber-me amado. Dar regalos de amor a quem se fez presente. E aos que se fizeram ausentes, ofertar meu pesar pela falta que causou, por não poder provar da fatia de alegria, que este momento representa.

Mas as pérolas da imagem de Paulinho, são como os anos que até ontem contava, acrescendo minha idade a cada novo aniversário.
Hoje, como disse, não quero só aumentar um ano, aos meus poucos dias já vividos nessa existência.

Perolas1

Quero só festejar as pérolas, 
que já me escoaram pelas mãos,
e que ainda não pude apanhar no rio,
que aos meus pés, corre em seus vãos.

Quero festejar as pérolas.
que me tem concedido, o Cósmico
ao longo destes alguns meses
de aprendizado e crescimento.

Quero contemplar as pérolas,
que me são caras pelo brilho
que gentilmente nos concedem,
pela sabedoria que habilmente acumularam,
pelo amor que ternamente nos demonstram.

A cada existência, milhares de ostras adoecem,
para que o homem contemple e desfrute,
a bela criação de sua dor.

As flores, quero sempre nas mãos tê-las.
Para doar a cada ser que no meu caminho cruzar.
Seja para me agredir, seja para me beijar.
Como se pérolas fossem, a perfumar o meu passar.

E que nós, em nosso eterno movimento e progresso,
possamos a Deus, sempre rogar, que a todos conceda,
Paz, Saúde, Harmonia, Bondade e Amor.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

3 ideias sobre “Mais um aniversário

  1. Ninfy

    Nossa!
    Eu não sei azer muitas coisas!
    mais se vc quiser eu te dou algo pra vc por ak no seu blog!
    Mais só se vc me der o nome do jogo Zelda para dreamcast

    PS:Sou do yahoo

    Responder
  2. Suely_es

    Oi Alberto
    Estou amando ler o q escreve..Outro dia estava lendo um texto sobre pérolas e ostras..Fiquei encantada!!
    Pq foram através de alguns percalços na vida q hj posso me sentir uma mulher realizada e abençoada..E como poderiam as ostras formar lindas perolas, se não fossem elas feridas?
    Um bjo em seu coração!!
    Sou Suely do yahoo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *