Lampião, o rei do cangaço [ filme ]

Share

Sinopse – O filme gira em torno da figura de Virgolino Ferreira da Silva (1989-1938), conhecido como Lampião, popular personagem da história brasileira que liderou um bando de cangaceiros através dos estados do nordeste do Brasil, e que era respeitado e considerado um herói pelos pobres locais.
Com a direção deste filme, Carlos Coimbra deu início ao seu ciclo sobre o banditismo do Nordeste brasileiro, fazendo anos depois “Cangaceiros de Lampião” (1966) e “Corisco, o Diabo Loiro” (1969). Coimbra foi também um dos principais montadores do cinema brasileiro, tendo trabalhado na equipe de “O Pagador de Promessas”.

Direção – Carlos Coimbra, 1964

Produção – brasileira
Elenco:
Leonardo Villar … Lampião
Vanja Orico ……….Maria Bonita
Milton Ribeiro …..imediato de Lampião
Dionísio Azevedo … João de Mariano
Glória Menezes, Geraldo Del Rey, Antonio Pitanga, Sadi Cabral
Marlene França, Roberto Ferreira, José Policena.

Uma película do cinema novo brasileiro (pelo menos era, na época do lançamento há mais de 40 anos atrás), repleta de cenas cruas e realistas, que nos trás em cores, o drama verídico do cangaceiro que nasceu numa época de terror e sangue na história do nordeste brasileiro. Este relato vale por seu conteúdo trágico e dramático, sendo sem dúvida, uma grande realização do nosso cinema nacional.
Assiti a este filme no dia 24 de janeiro de 1965, um domingo, no cinema Duarte Coelho, em Olinda, hoje inexistente.

Para quem desejar assistir ao filme, está disponibilizado abaixo através do youtube.

**********

Leia o texto completo
The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share