Share

HOMENAGEM ÀS MÃES

Texto de autoria de Alberto Valença Lima

2014, May, 11th

Mulher que floresce em todas as estações
seja outono, verão, primavera ou inverno
ao desabrochares com um rebento materno
a alegria a todos chega e só se ouve canções;

hoje devemos festejar, no mês de maio
o dia a ti dedicado, neste segundo domingo
que chega tão iluminado, não quero desmaio.
Pra ti hoje só quero, a elegância do flamingo.

Também espero que tenhas, muita saúde e amor
para teus filhos criares e sempre neste dia festejar
as pérolas que da vida recebes te deixando furtacor.

Agora vou me despedir, e deixo a ti uma flor
que deves guardar em teu seio, e meu anseio,
é que da vida, nunca vivas  como eu, alguma dor.

* * *
Use este para homenagear a sua mãe! Mas não esqueça de atribuir ao autor os devidos créditos. Não me refiro a dinheiro mas, citar de quem é o texto que está registrado como de minha autoria.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share