MINI CONTO

Share


O tema de hoje do desafio ‘A poem a day’ é escrever com um estilo que nunca escrevemos. Escolhi o miniconto que nunca fu i capaz de escrever pois, em geral, sou muito polèmico e detalhista. Vejam que cheguei a perder várias linhas do texto descrevendo a vida do personagem principal – Josival. Mas acho que até ficou bonzinho o miniconto. Confiram.
Josival era um rapaz alegre e feliz que vivia num lugarejo afastado de uma comunidade indígena. Seu principal objetivo era estudar numa cidade grande. Tinha 18 anos e já tinha aprendido a ler e escrever mas não tinha muitas opções onde morava pois nem correio lá chegava. Quando queria alguma coisa tinha que caminhar por muitos quilômetros até uma vila das redondezas que ficava a mais de 20 km de onde morava. Algumas vezes conseguia o cavalo do pai pra levá-lo mas, quase sempre, nas suas idas o pai estava com o cavalo trabalhando. Ele quase sempre saia junto com o pai pra trabalhar mas não podia dar muita ajuda pois quem montava os cavalos eram os caciques e seus filhos mais velhos. Como Josival era o mais novo dos filhos do Cacique Rovan, não tinha direito ao cavalo para trabalhar. Caçava a pé junto com os demais.
Naquela tarde em que foi na vila, Josival encontrou uma mulher que gostou dele e o convidou para viajar com ela. Josival nem voltou na aldeia. Vendo a possibilidade de ir para cidade grande nem pensou duas vezes. A mulher lhe convenceu a ir dali mesmo e ela se encarregaria de comprar roupas para ele tão logo chegassem.
Marluce e Josival pegaram um avião e foram pra o Rio de Janeiro onde chegaram 3 horas e meia depois. Marlene foi com Josival num shopping e comprou algumas roupas e outros objetos de que ele precisaria como barbeador, sabonete, escova, pasta de dentes, etc.
Naquela noite, Josival ficou na varanda do apartamento de Marluce olhando a lua e ela veio pra junto dele e lhe abraçou. Os dois entregaram-se ao clima de cumplicidade e de luxúria que reinava na varanda e fizeram amor sob a luz do luar.
Leia o texto completo
The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

3 ideias sobre “MINI CONTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *