Link
Share

Para uma menina com uma flor, Vinícius de Moraes, Ed. Sabiá, 4ª edição, RJ, 178 p., 1971.

para uma meninaAo contrário do que se possa pensar, este NÃO É, um livro de poesias. São cr6ônicas de Vinícius, publicadas entre 1941 e 1966, ano de lançamento do livro, totalizando um período de 25 anos. A obra se divide em duas partes: as crônicas entre 1941 e 1953 e as de 1964 e 1966. Entre  1953 e 1964 ele não escreveu crônicas.

Na primeira parte o autor apresenta 27 crônicas e na outra, que abre com a crônica título do livro, são apresentadas outras 27. Afora estas duas partes, temos ainda um prefácio à 1ª edição que é de 1966 (a que li é a 12ª), e uma poesia – “A brusca poesia da mulher amada”dedicada a Nelita, sua esposa.

As crônicas da primeira parte foram publicadas esporadicamente em sete jornais, enquanto as da segunda parte, são extraídas da revista Fatos e Fotos nos anos de 64 e 65 e as crônicas diárias do jornal Última Hora no ano do lançamento do livro. Na primeira parte as crônicas são escritas em diversos locais diferentes como Los Angeles, Ouro Preto, Recife e Rio de Janeiro, cobrindo um período de 12 anos da vida do autor. Ja a segunda parte, é marcada por uma forte alusão à morte em várias crônicas como Schmidt, Morrer num bar, “Com o pé na cova” e “Amigos meus”. Nesta parte as crônicas são mais pessoais como é o caso da última – “Suzana, flor de agosto” que é dedicada a uma pessoa em especial e outras como “Chorinho para uma amiga”, “Seu “Alfredo””, “Antonio Maria” e “Guignard”. Fugindo ao estilo, o autor também apresenta 3 contos, sendo um na primeira e dois na segunda parte. O primeiro intitula-se “Conto rápido” e os outros dois, “Conto do dilúvio” e “Velho amigo” (Conto de Natal), todos com finais surpreendentes. É na primeira parte do livro que está um dos mais belos textos do poeta – Dia de sábado

viniciusVinícius, que foi registrado como Marcus Vinitius da Cruz e Mello Moraes (assim mesmo, com T no lugar de C) em 1913, tendo nascido  no Rio de Janeiro, em 19 de outubro, permanecendo até os nove anos com este nome, quando registrou-se como Vinícius de Moraes. (Informação colhida do site oficial do autor). Para acessar, clique no link. Seus pais foram Clodoaldo da Silva Pereira Moraes e Lydia Cruz de Moraes. Em 1933 publica seu primeiro livro – “O caminho para distância”. Em 9 de julho de 1980 veio a falecer por causa de um edema pulmonar. Casou-se com Tati, Regina, Lila Bóscoli, Maria Lúcia, Nelita, Cristina, Gessy, Marta Rodrigues e Gilda Mattoso. Foram ao todo nove mulheres que lhe deram cinco filhos, dois com a primeira e três com a segunda.

Ao longo de sua vida só escreveu dois livros em prosa – Para viver um grande amor de 1962, e Para uma menina com uma flor de 1966.

Na música, fez diversas parcerias que o imortalizaram como os irmãos Tapajós, Banden Powell, Tom Jobim, Toquinho, Edu Lobo, João Gilberto, Francis Hime. Sua canção mais famosa é Garota de Ipanema.

Para uma menina com uma flor é um livro para se guardar como relíquia, não só pelo seu valor literário mas, por ser um dos dois únicos livros de prosa do poetinha que, no século passado, projetou-se como uma das personalidades mais importantes da arte brasileira. Merece quatro estrelinhas.

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

2 ideias sobre “Para uma menina com uma flor [Livro]

  1. Alberto Valença Autor do post

    Escutar Vinícius é sempre um deleite. Grato pela visita e comentário. Seja sempre bem-vinda!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *