Um amor em Paris [Filme]

Share

Como vem acontecendo desde que passei a ser colaborador do blog Meu pequeno vício, todos os domingos estarei publicando aqui, o que foi postado lá por mim, há 15 dias.

Título original – La ritournelli
Direção – Marc Fitoussi
Música – Tim Gane e Jean O’Hagan
Produção – França / Dinamarca
Duração – 1h 40 min
Ano de lançamento – 2014
Elenco e personagens:

Isabelle Humpert como Brigitte Lecanu
Jean-Pierre Darroussin como Xavier Lecanu
Michael Nyqvist como Jasper
Pio Marmai como Stan
Jean-Charles Clichet como Regis
Marina Fois como Christiane
Audrey Dana como Laurette
Anais Demoustier como Marion
Clement Metayer como Grégoire Lecanu
Lakshan Abenayake como Apu
Benoite Giros como Fred

Marc Fitoussi consegue transformar uma história que tinha tudo para não passar de mais um entediante conto de traição e tédio num relacionamento amoroso em uma fascinante e divertido filme de amor, angústias, tédio e de muita beleza e boas surpresas, Num cenário bucólico e sem explorar as já conhecidas paisagens da capital francesa, ele oferece ao telespectador uma sucessão de bons diálogos, grandes interpretações, com destaques especiais para os principais protagonistas (Isabelle Humpert e Jean-Pierre Darroussin) e uma música digna de registro de .Tim Gane e Jean O’Hagan.

amoremparis9B

 

Um casal de fazendeiros franceses, vive uma vida monótona e rotineira, em uma propriedade no interior da França, criando gado charolês para corte e participações em concursos. Brigitte Lecanu (Isabelle Humpert) está com uma erupção alérgica no tórax e já não tem esperança de cura até que surge uma luz no fim do túnel. Ela resolve aceitar o convite de uma vizinha, para uma festa numa propriedade ao lado da sua. Lá conhece um rapaz, 30 anos mais jovem, Stan (Pio Marmai) e que mexe com a sua libido.

amoremparis3BAlguns dias depois, ela resolve mentir para o marido Xavier Lecanu (Jean-Pierre Darroussin), dizendo que iria para uma consulta no dermatologista em Paris, com a intenção de encontrar o jovem Stan. Ele lhe dissera onde trabalhava mas não em qual loja. Ela sai então, por toda Paris, visitando uma por uma, as lojas da American Apparel de Paris até encontrá-lo. Finge ter sido uma coincidência. Ela marcara para passar duas noites em Paris sob o pretexto de chegar um dia antes pois sua consulta seria logo cedo e a outra noite para poder fazer compras. Mas não dá certo sua relação com Stan. Ela encontra, no entanto, um dentista dinamarquês que estava hospedado no mesmo hotel que ela e estava em Paris para participar de um congresso. Com ele vive um romance e momentos de encantamento mas, há algumas surpresas nem tão surpreendentes assim mas, que não devo contar aqui para não estragar o prazer de quem for ver o filme.

amoremparis4B

Marc Fitousse mostra um trabalho bem feito e, de certo modo, surpreendente. Os detalhes do filme não ficam perdidos e sem encaixe, como por exemplo, o resgate da relação pai e filho que estava desgastada porque o pai não aceitava que seu filho não estivesse ao seu lado na fazenda e preferisse estudar para ser acrobata de circo. A cena deste resgate é muito comovente e bela. Não se pode esquecer também a comparação entre a vida pacata e sem muitos atrativos do campo e a de Paris, com suas opções de lazer e encantamentos comparados com as vidas de um casamento tedioso e desgastado com a de um casamento renovado e cheio de encantos e e novas emoções de paixão, zelo e amor. Certamente não irá passar despercebido também, a grande lição que um mero ajudante da fazenda, sem nenhuma instrução, oferece a Xavier na terça parte final do filme.

amoremparis5B

La retournelle (Um amor em Paris) é um filme para você apreciar e se deliciar. Sua música, seus cenários, as escolhas e comportamentos, enfim, um filme de ótima qualidade.

amoremparis6B

amoremparis8B

amoremparis7B

 

quatro-estrelasMereceu quatro estrelinhas.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

2 ideias sobre “Um amor em Paris [Filme]

  1. Denise

    Gosto muito dessa atriz, fez tambem Madame Bovary e o enredo… eh sobre traicao, claro. Agora um filme sobre um enredo que comeca com traicao, mas tem mais surrpresas. Acho que deve ser muito bom, eh moderno, lida com outras imagens, mas os sentimentos de Flaubert e deste filme mostram que tudo eh atemporal, e isso eh super interessante!
    DenisesPlanet.com

    Responder
    1. Alberto Valença Autor do post

      Ela é realmente fantástica. Todos os trabalhos dela são feitos com muito esmero. Não assisti a este com Isabelle Humppert de Claude Chabrol. Vi os de Renoir (1933) e de Minelli (1949). Mas vi outros filmes com ela maravilhosos: A teia de Chocolate (Chabrol), A comédia do poder (também de Chabrol) e A professora de piano de Michael Haneke. Agradeço pelos seus comentários constantes no blog Denise. E volte sempre. Você é muito bem-vinda!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *