Maurice Jarre [Música]

Share

 

Participe da promoção de aniversário do blog para ganhar uma surpresa. Não é sorteio. Leia as regras no final desta postagem.

 

maurice-jarre1

Maurice Jarre é um dos compositores de cinema entre os meus favoritos. Foi o responsável por várias músicas inesquecíveis do cinema como, por exemplo, Doutor Jivago ou Ghost. Mas foram muitos os trabalhos deste maestro extraordinário e compositor fantástico. Já arrebatou 3 Oscars da Academia e 4 Globos de Ouro além de 2 Grammys. Uma informação que não sabia e descobri agora ao pesquisar para escrever este post é que ele é o pai do famoso e também magnífico Jean Michael Jarre. Filho de peixe, peixinho.

maurice_jarre

Para começar, disponibilizo para quem não conhece um vídeo com cerca de 10 minutos de música do filme Doutor Jivago do qual falei recentemente por causa da morte de Omar Sharif. E se você desejar assistir ao filme completo, original, acesso o site MemoCine no link. É um site maravilhoso que descobri recentemente, no qual seu proprietário, Moacir Zerlin, disponibiliza gratuitamente, de forma muito gentil, muitos filmes antigos.

Nasceu em Lyon, França, em 13 de setembro de 1924 e veio a falecer em Los Angeles, Estados Unidos em 29 de março de 2009, aos 84 anos. Casou-se 4 vezes tendo deixado 3 filhos destes casamentos. Maurice começou sua vida musical ainda na adolescência, quando, contra a vontade do pai, matriculou-se no Conservatório de Paris, para estudar composição e harmonia musical, além de percussão, recurso que usou em muitas de suas composições.

maurice-jarre-berlin-3

Seus Oscars foram pelas trilhas sonoras dos seguintes filmes: o primeiro em 1962 por Lawrence da Arábia, o segundo em 1965 por Dr. Jivago e o último em 1984 por Passagem para a India, todos dirigidos por David Lean. Seus Globos de Ouro foram conquistados em 1965 por Doctor Jivago, em 1984 por Passagem para a India, em 1988 por A montanha dos gorilas e em 1995 por Caminhando nas nuvens.

Capa de um de seus LPs

Capa de um de seus LPs

Eu adoro ele desde o meu filme predileto, talvez nem seja o melhor para muitos mas, para mim é o melhor filme que assisti em toda a minha vida. E olhe que foram muitos filmes. Seguramente, muito mais de mil. Seu nome?

Sempre aos domingos (Les dimanches de Ville D’Avray). Tive o prazer de conhecer essa cidadezinha nos arredores de Paris. Até tirei uma foto na entrada da cidade quando estive lá em 2010. Pois bem, a música desse filme foi composta por Maurice Jarre. Vieram também Lawrence da Arábia, O Colecionador, Doutor Jivago, a belíssima música de A noite dos generais, Grand Prix, Paris está em chamas?, a inesquecível música de IsadoraO homem de Kiev, A filha de Ryan, Sociedade dos poetas mortos, Ghost, Atração fatal, Luar sobre Parador… São muitos os filmes que receberam a trilha sonora composta por ele. Foram mais de 150 filmes que contaram com a sua participação na trilha sonora. E sempre com músicas belíssimas.

A seguir mais duas músicas dele – Ghost e Lawrence da Arábia.

Ghost – Do outro lado da vida (Música de Maurice Jarre)

Lawrence da Arábia (Música de Maurice Jarre)

Continua a promoção de aniversário do blog durante todo esse mês de setembro. Participe e ganhe
uma surpresa. Não é sorteio. Basta participar para ganhar.
E não precisa ficar limitado(a) às postagens deste mês apenas. Pode comentar em qualquer
postagem do blog para participar.

Leia as regras de participação no link a seguir. Caso já as tenha lido na postagem do dia 1º de
setembro, acesse diretamente o link do formulário a ser preenchido após o seu comentário, nesta
ou em qualquer outra postagem, no menu do lado da página principal, logo abaixo da logomarca do
blog que, por sinal, está de cara nova este mês em comemoração ao aniversário do blog. Se leu
as regras na postagem anterior ao dia 1º de setembro, leia novamente pois as regras mudaram.
Participe! Não é sorteio. Todos ganham se participarem.

REGRAS PARA PARTICIPAÇÃO DA PROMOÇÃO DE ANIVERSÁRIO

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

2 ideias sobre “Maurice Jarre [Música]

  1. Joselita

    Realmente, apesar de acha-la meio mórbida, a música do filme doutor Jivago é uma bela obra, mas, não gosto de escutá-la por causar-me uma sensação de… Acho que me traz de volta um tempo, talvez, muito remoto, que não gostei em alguma época da minha existência… Entende? Difícil explicar. As músicas e os perfumes nos trazem de volta ao tempo, como já disse noutro comentário.
    E a música do filme Ghost, na época em que foi lançado, década de 90, me trás uma lembrança triste, foi época em que meu primeiro marido faleceu. Ela deixou uma marca de saudades em minha alma. Tchau e estou contando os dias… Rsrsrsr

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *