A vida é bela [Filme online]

Share

Título original -La vita è bella

a vida é bela-capa

Direção – Roberto Benigni

No inicio do filme, o narrador fala que aquela era “uma história simples, mas nem por isso, fácil de contar. Como numa fábula, há nela tristeza. E como numa fábula, está cheia de maravilha e felicidade.

a vida é bela-6
A história se inicia em Arezzo, cidade da Itália, em 1939. Guido Orefice (Roberto Benigni) é um homem muito bem humorado que é o personagem central desta história. Interpretado pelo próprio diretor do longa, o que lhe valeu a estatueta do Oscar como melhor ator de 1999, tendo ainda arrebatado o prêmio mais famoso do mundo nas categorias de melhor filme estrangeiro e melhor trilha sonora. Não se trata portanto de um filme qualquer. É um verdadeiro fenômeno do cinema mundial. Há no filme uma frase que ficou na minha cabeça e, tenho certeza também na cabeça de muitos – “buongiorno principesa!”, palavras com que ele saúda a Eleonora (Nicoletta Braschi), moça que ele conhece no campo e depois vem a se tornar a sua esposa. Ele sempre a saúda com estas palavras e, até o seu filho Joshua (Giorgio Cantarini) a saúda assim uma vez de tanto ouvir o pai pronunciar estas palavras.

a vida é bela-8

Guido se casa com Dora (Eleonora) apesar de ela estar de casamento marcado com um influente italiano da cidade. No dia do seu noivado, ela entra debaixo da mesa para conversar com Guido que era o garçon da festa. Eles saem montados em um cavalo branco. O filme é uma verdadeira fábula e conta, de modo bem singular, uma história triste com um toque de humor. Ela descobre que ele estava na festa por causa do bolo confeitado que é colocado na mesa. Ele colocara no bolo a inscrição “Buongiorno principesa” e, quando o noivo dela lê a frase em voz alta ela imediatamente associa com ele e pergunta quem tinha dito aquilo. O noivo responde que era o que estava inscrito no bolo. É assim que ela fica sabendo da presença dele na festa.

a-vida-e-bela9

Um belo dia, no aniversário de Joshua, Dora chega em casa e contra tudo revirado. Percebe que Guido e o filho haviam sido levados pelos nazistas e vai até a estação de trem. Lá informa ao oficial responsável que houvera um engano e diz o nome do marido. O oficial consulta uma relação de nomes e diz que estavam também no comboio Joshua Orefice e Eliseo Orefice e que não havia engano algum. Ela então diz que ela tinha que estar no vagão também. Ele espantado pergunta se ela tinha certeza daquilo. Ela não precisaria ir pois não era judia mas ela faz questão de ir para o campo de concentração com o marido e o filho. Embora fiquem separados, nunca nem se falam nem se veem, ela sabia que estava junto com o marido a quem muito amava.

a vida é bela-7

Ele começa a explicar para o filho que aquilo tudo era uma brincadeira, um jogo e que, no final, quem ganhasse, ficando quieto e sem se fazer notar, ganharia o prêmio que seria um tanque de guerra. O menino fica todo interessado no jogo e faz exatamente o que o pai manda. Enquanto Guido vai junto com os demais para os trabalhos forçados, Joshua fica escondido no quarto quieto para ninguém notá-lo.

a vida é bela-3

Durante todo o tempo, o menino não conhece o sofrimento. Há um momento de rara beleza e de grande poesia. Ele consegue acessar a sala de som do campo de concentração e coloca no autofalante do campo uma música que era deles. Ela ouve a música e reconhece que era ele quem estava colocando aquela música lá. Em uma outra ocasião ele fala no autofalante “buongiorno principesa” deixando-a atônita. O filho também fala dizendo que eles estão na frente no jogo e que o pai bota-o num carrinho e sai empurrando e que é muito engraçado.

a vida é bela-1

O filme mereceu as cinco estrelinhas sem nenhum favor.5-estrelas-red

Produção – Itália
Ano de lançamento – 1997
Duração do filme – 1 hora e 56 minutos

Elenco e principais personagens:
Roberto Benigni… Guido Orefice
Nicoletta Braschi… Dora (Eleonora)
Giorgio Cantarini… Giosuè Orefice
Giustino Durano… tio de Guido (Eliseo Orefice)
Sergio Bini Bustric… Ferruccio Papini
Marisa Paredes… mãe de Dora
Horst Buchholz… Dr. Lessing
Amerigo Fontani… Rodolfo
Pietro De Silva… Bartolomeo
Francesco Guzzo

Agora, se desejar veja o filme online. 

LEIA AS INSTRUÇÕES ABAIXO COM ATENÇÃO

Se você chegou até aqui através da página Compartilhando minhas verdades [Filmes online] você já deve ter lido as instruções abaixo. Basta então seguir àquilo que você já leu naquela página. Caso tenha vindo até aqui diretamente pela postagem, leia com atenção o restante das instruções.

Para assistir ao filme abaixo, você deve clicar na setinha para direita. e logo em seguida clicar em pausar. Espere para carregar o filme aguardando algum tempo. Dependendo da velocidade de sua conexão, isto poderá levar de 5 a 10 minutos, até que o filme seja carregado. Depois desse tempo clique na setinha novamente para parar a exibição. Aguarde então alguns minutos mais, enquanto os próximos minutos do filme são carregados. Você verá a linha do tempo sendo preenchida. Quando ela estiver preenchida até perto da metade, pode dar início novamente à exibição.

Se a espera for maior do que este tempo, sugiro que reduza a resolução para 240p. Isto irá baixar a qualidade da imagem, ou então, espere mais tempo. Provavelmente, neste caso, se você não baixar a resolução, haverá interrupções ao longo da exibição. Porém se a velocidade de sua conexão estiver boa, aumente a resolução conforme desejar para usufruir de melhor qualidade.

Ajuste o áudio conforme sua conveniência no próprio player do filme e no seu sistema operacional. É recomendável a utilização de fones de ouvido para apreciar melhor os sons do filme. Você também pode assistir ao filme em tela cheia, basta clicar na setinha (semelhante à figura abaixo) do lado inferior direito.

full-screen-simbolo

Depois de assistir ao filme, pode fazer um comentário sobre ele. Até peço que o faça. Será muito útil. Não só para mim, que poderei avaliar como está repercutindo meu esforço, como também para outros visitantes, que poderão saber opiniões de outras pessoas sobre o filme a que irão assistir (ou não).  Basta clicar em “Deixe um comentário” na parte superior da postagem ou em XX respostas. Boa diversão.

 

IMPORTANTE

Este blog não tem fins lucrativos. Não recebo nada pelo que ofereço, além da satisfação dos leitores. No blog não tem propaganda de nenhuma espécie. Não tenho intenção de infringir a lei. Se algém se sentir prejudicado em seus direitos autorais, basta me enviar uma mensagem pelo email que tirarei de imediato o filme do blog.

contato-blog

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *