Três solteirões e uma pequena dama – Emile Ardolino [Filme]

Share

Direção – Emile Ardolino

Como em todo domingo hoje é dia de  postagem das minhas publicações no Meu pequeno vício de semanas atrás. Hoje é a continuação do filme postado no domingo da última semana: Três solteirões e uma pequena dama, com o mesmo elenco e nova direção. Emile Ardolino consegue um bom trabalho. Um destaque especial para Robin Weisman que desempenha o papel da pequena dama de forma magistral. Confira.

3 solteirões e uma pequena dama - capa

Título original – Three men and a litle lady

Com o mesmo elenco do filme anterior, 3 solteirões e uma pequena dama é uma continuação de 3 solteirões e um bebê (1987), que na semana passada falamos sobre ele aqui. Este longa, a exemplo do anterior também começa com Michael fazendo uma pintura nas paredes do apartamento de Peter, só que desta vez é com os três e Sylvia, tendo Mary ao centro. O roteiro foi baseado na história de Sara Parriott e Josan McGibbon, que também foram os responsáveis pela história do filme Noiva em fuga (1999) e Um Favor indecente (1994), o primeiro, já comentado aqui no blog. Depois, enquanto são apresentados os créditos, aparecem, em cenas aceleradas, os três amigos com Sylvia e Mary ainda bebê. fazendo uma mudança de moradia, e brincando com Mary ainda novinha. Ela então vai crescendo em várias cenas com eles brincando com ela até que, ao final dos créditos, ela está com cinco anos e, é quando começa o filme propriamente dito.

3 solteirões e uma pequena dama - 5A menina que escolheram para representar Mary (Robin Weisman) nesta produção é um amor. Linda e muito expressiva.  Após a apresentação dos créditos, eles todos se preparam para uma entrevista que estava marcada com a psicóloga e as diretoras  num colégio onde pretendiam matricular Mary. Nesta entrevista fica evidenciada a estranha relação entre eles e o inconveniente para Mary vivendo neste ambiente. Ela tinha 3 pais e nenhum dos outros meninos tinha uma situação semelhante. Um deles tinha dois pais mas não num mesmo momento, vivendo juntos. Ela tinha os 3 vivendo junto com ela. Isso dificultava o entrosamento com os demais colegas.

3 solteiroes e uma pequena dama-3

Sylvia está com um pretendente que é o seu diretor de teatro e ele lhe oferece o principal papel numa peça que vai encenar em Londres, Inglaterra mas ela resiste pois Mary estava no colégio e ali estava a família dela mas ele lhe diz que em Londres também existiam colégios e ela precisava pensar também nas suas necessidades. Peter descobre que ele tinha a intenção de deixar Mary interna num colégio para livrar-se dela e tenta mostrar isso para Sylvia que não acredita. Ele tenta então obtar provas do que estava afirmando e vai até o colégio para procurar alguma evicência que pudesse provar suas desconfianças.

3 solteiroes e uma pequena dama-2

Enquanto isso, os 3 amigos combinam um plano para atrasar ao máximo o casamento que já estava marcado e com tudo preparado. Neste final os roteiristas preparam uma agradável surpresa para os espectadores. É um filme água com açúcar e não tem muitas novidades, sendo tudo já esperado exceto por um pequeno detalhe que me surpreendeu. Mereceu três estrelinhas.

3 solteiroes e uma pequena dama1b

Produção – Estados Unidos

Ano de lançamento – 1990
Duração do filme – 3 horas
Elenco e personagens:
Tom Selleck …. Peter Mitchell
Steve Guttenberg …. Michael Kellam
Ted Danson …. Jack Holden
Nancy Travis …. Sylvia
Robin Weisman …. Mary
Christopher Cazenove …. Edward
Sheila Hancock …. Vera
Fiona Shaw …. Srta. Lomax
John Boswall …. Barrow
Jonathan Lynn …. Vicar Hewitt
Sydney Walsh …. Lauria
Edwina Moore …. Dra. Robinson
3 solteiroes e uma pequena dama-7
 
The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “Três solteirões e uma pequena dama – Emile Ardolino [Filme]

  1. Denise

    Eu v, eh um filme muito lindinho, sim! Eh mesmo engracado, nao… realmente, pode ser 2 pais, mas nao 3… o que hoje eh muito possivel, Imagine-se um casal homoafetivo que tenha adotado uma crianca. Depois se separam e casam-se de novo. Entao ja seriam 4 pais. No caso do filme, e no ano em que foi feito, isso nao era muito divulgado. Entao 3 pais que dividem um apartamento e amizade hoje nao seria um problema para a menina, mas no ano em que foi feito ainda era gancho para um filme 🙂 Eu achei muito singelo e bonito! Um abraco!
    DenisesPlanet.com

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *