K-9 – Um policial bom pra cachorro – Rod Daniel [Filme]

Share

Direção – Rod Daniel

K-9 - Um Policial Bom pra Cachorro

Título original – K-9

Michael Dooley (James Belushi) é um policial que pretende prender Lyman (Kevin Tighe), um narcotraficante que tem tentado matá-lo. Sozinho ele não tem obtido êxito então, um amigo lhe dá cachorro-policial chamado Jerry Lee, um pastor alemão que foi treinado para cheirar drogas. Com a ajuda de Lee, Dooley acredita que conseguirá colocar seu inimigo na cadeia, mas Jerry Lee tem uma personalidade singular e só trabalha quando tem vontade. Para agravar a situação, ele é perfeito para arrumar confusões como destruir o carro, a casa e a vida sexual de Dooley. E para piorar ainda mais, Tracy (Mel Harris), a namorada de Dooley, é sequestrada por Lyman, com o objetivo de deter Dooley e assim, conseguir entregar sem problemas o carregamento de drogas que vale alguns milhões de dólares.

k9a

Produção – Estados Unidos
Ano de lançamento – 1989
Duração do filme – 1 hora e 40 minutos

Elenco e personagens:
Rando …. Jerry Lee
James Belushi …. Michael Dooley
Mel Harris …. Tracy
Kevin Tighe …. Lyman
James Handy …. Byers
Ed O’Neill …. Brannigan
Daniel Davis …. Halstead
Cotter Smith …. Gilliam
John Snyder …. Freddie
Pruitt Taylor Vince …. Benny
Sherman Howard …. Dillon
Jeff Allin…. Chad
David Haskell …. Médico

k9-b

O filme começa com uma transa dentro de um carro em meio a uma chuva forte entre um casal de jovens. Dooley,  aborda os dois, mas não porque estavam transando e sim, para pedir o telefone emprestado para ligar para namorada. Ele tentara pelo telefone da polícia mas, como não se tratava de uma emergência, a telefonista não completou a ligação. Ele precisava dizer a ela que se atrasaria para o jantar pois estava fazendo uma campana para flagrar Lyman, o bandido que estava no encalço. E entra no carro onde o casal estava transando no banco traseiro dizendo que eles podiam continuar que ele só queria telefonar identificando-se como policial. Os dois ficam atarantados e, nesse meio tempo, surge um helicóptero e começa a metralhar o carro de Dooley a poucos metros de distância. Ele se salva por ter saído de lá minutos antes. Tinha sido Lyman quem tinha mandado.

k9-c

Dooley vai até a delegacia pedir outro carro, pois o seu tinha ficado totalmente destruído.  Seu chefe lhe diz que ele só receberia um carro se aceitasse um parceiro e pede para ele escolher um. Dooley só  gostava de trabalhar sozinho mas, para satisfazer ao chefe escolhe um policial que já estava morto.  Finalmente ele resolve aceitar um cão policial como parceiro e vai pedir ajuda a outro policial amigo. É quando ele conhece Jerry Lee. E, a partir daí, o filme começa a ficar engraçado. O astro do filme passa a ser Jerry Lee. Vou citar apenas algumas cenas que se destacam nessa relação dele com o cão.

k9-d

Uma das mais divertidas é quando ele chega na casa da namorada com Jerry e ela fica logo apaixonada pelo cachorro mas, quando vão para a cama, ele fica atrapalhando a transa deles e, termina por se enfiar por debaixo dos lenções e ficar entre eles. É muito divertido.  Outra cena muito divertida é quando ele vai a um bar num hotel mas, como não podia entrar com o cachorro, ele prende Jerry Lee com uma corda amarrada no retrovisor do seu carro para ele não fugir. Enquanto ele está vigiando um dos capangas de Lyman chega Jerry Lee arrastando o espelho com a corda amarrada em seu pescoço. E o melhor é depois, enquanto ele se finge de cego, Jerry Lee praticamente senta na mesa com ele e fica bebendo o seu chá no canudo. Sugando o canundo. Imaginem. É ótima essa cena.

k9-g

Outra cena divertidíssima é quando ele vai comprar flortes para namorada e Jerry Lee vê uma poodle num carro estacionado em frente e se apaixona. Fica pedindo para ir namorar mas Dooley diz que ele estava em serviço só para judiar pelas coisas que Jerry tinha aprontado com ele mas, finalmente se rende e autoriza ele a ir namorar. Ele dá um pulo dentro pra do carro da frente pra transar com a poodle e depois que termina fica festejando, pulando, se arrastando no chão, demonstrando sua felicidade.

k9-f

E a melhor de todas é quando ele chega num hospital com Jerry Lee baleado para ser operado. Um hospital de gente. Mas exige que um médico extraia a bala dele pois não resistiria a ir para outro lugar. E, enquanto Jerry Lee está na sala de recuperação, ele pensando que Jerry tinha morrido, começa a confessar um monte de coisas erradas que tinha feito e, inclusive a sugerir que poderiam ir pra Las Vegas, ele e a namorada junto com Jerry e a poodle. A cara de Jerry é deliciosa. Fingindo-se de morto e quando Dooley vira as costas, a cara de malandro dele.

k9-h

O filme é bobo e não tem muito conteúdo nem nada de novo ou de imprevisível mas, é bem divertido e merceu três estrelinhas. Recomendo como uma boa diversão.

Curiosidade – Jerry Lee (Rando) era realmente um cachorro-policial na vida real e foi morto em por uma bala na perseguição de um suspeito de ter matado um policial em novembro de 1991, antes do lançamento do segundo filme, portanto, que foi lançado em 1999, dez anos após o primeiro.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “K-9 – Um policial bom pra cachorro – Rod Daniel [Filme]

  1. Denise

    Entendo o porque das 3 estrelinhas, pois eh um filme so para diversao “sem compromisso”, sem muito conteudo filosofico, mas mesmo assim, eu vi este filme e achei uma gracinha! Lembro da cena em que ele se finge de cego! Adoro filmes com cachorros, confesso!
    DenisesPlanet.com

Os comentários estão fechados.