Ainda resta uma esperança – John Schlesinger [Filme online]

Share

Título original – A kind of loving

ainda-resta-1-esperanca-capa1-red

A kind of loving é um filme de 1962 de John Schlesinger que o blog Verdades de um Ser está disponibilizando gratuitamente para você ver online. Trata-se de um drama romântico psicológico com uma interpretação brilhante de Alan Bates (O homem de Kiev e Zorba, o grego) e a bela estreante June Ritchie.

ainda-resta-1-esperanca5

Sinopse:

Vic (Alan Bates) trabalha em uma fábrica como desenhista e se apaixona por Ingrid (June Ritchie) que também trabalha na mesma fábrica. Ele investe tempo e dinheiro no relacionamento até que um dia em que a mãe de Ing não estava em casa, eles transam e, a partir de então, Vic não quer mais saber de Ing. Mas ela descobre que está grávida e conta a Vic que, desesperado, termina casando-se com ela para “reparar o erro“.  Após o casamento, eles passam a morar na casa da mãe de Ing que não gostava de Vic e os atritos são cada vez mais frequentes e maiores.

ainda-resta-1-esperanca4web

Meus comentários:

O filme apesar de ser de 1962 ainda é bem atual. O tema abordado é aquele já velho do atrito entre sogras e genros. Uma fotografia belíssima em preto e branco de Denys Coop e interpretações magistrais, em particular, de Alan Bates.

Mostra também uma visão um pouco desatualizada para os dias atuais de valorização da virgindade da mulher. A participação de June Ritchie que estreou no cinema neste filme é muito bem-vinda. Ela além de ser uma bela mulher, tem também muito talento. As participações de Tora Hird (sra. Rothwell, a mãe de Ingrid) e de Gwen Nelson (sra. Brown, a mãe de Vic) são também muito positivas, em especial a de Tora Hird que dá um verdadeiro show como mulher chata, ranzinza e mal amada.

A direção do também estreante John Schlesinger é brilhante. Depois deste filme ele se destacaria com os filmes Midnight cowboy (Perdidos na noite, 1969) que lhe rendeu o Oscar de Melhor diretor, Sunday Bloody Sunday (Domingo maldito, 1971), que recebeu uma indicação para o Oscar de Melhor diretor e Darling (Darling, a que amou demais, 1965) que rendeu também um Oscar, desta vez para Julie Christie como Melhor atriz. Em 1961, ele recebeu o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza por um documentário de curta metragem intitulado Terminus. Ele foi um diretor de cinema britânico que faleceu em 2003 aos 77 anos.

ainda-resta-1-esperanca3

Sobre o Vk.com

A novidade no Vk, que é onde estão hospedados os filmes que foram disponibilizados pelo blog para você assistir a eles online. Caso o filme que você for assistir a ele ficar como a imagem abaixo onde está uma seta apontada, leia o que se segue. Ú A partir do dia 23 de agosto deste ano, o site está exigindo que, para assistir aos filmes hospedados lá, o usuário tem que estar cadastrado e logado. Não é nenhuma exigência ou falha do blog Verdades de um Ser. Como o blog depende deles, temos que cumprir a exigência. Para facilitar, vou direcionar você para o site Filmes Antigos. TV que também utiliza o mesmo recurso e preparou um passo a passo bem explicadinho de como fazer para assistir aos filmes. Clique no link abaixo e na nova página clique em config-vke leia as instruções.

Como assistir aos filmes deste blog

vk

Dados sobre o filme:

Produção – Inglaterra
Ano de lançamento – 1962
Música – Ron Grainer
Duração do filme – 1 hora e 47 minutos
Elenco e personagens (entrre parêntesis)
Alan Bates    (Victor Arthur)
June Ritchie  (Ingrid Rothwell)
Thora Hird  (Sra. Rothwell)
Pat Keen  (Christine Harris)
James Bolam  (Jeff)
Leonard Rossiter  (Whymper)
Bert Palmer  (Sr. Geoffrey Brown)
Jack Smethurst  (Conroy)
Gwen Nelson  (Sra. Brown)
David Mahlowe  (David Harris)
Patsy Rowlands  (Dorothy)
Michael Deacon  (Les)
Annette Robertson  (Phoebe)
Fred Ferris  (Althorpe)
Malcolm Patton  (Jim Brown)

ainda-resta-1-esperanca1

 

LEIA AS INSTRUÇÕES ABAIXO COM ATENÇÃO

Se você chegou até aqui através da página Compartilhando minhas verdades [Filmes online] você já deve ter lido as instruções abaixo. Basta então seguir àquilo que você já leu naquela página. Caso tenha vindo até aqui diretamente pela postagem, leia com atenção o restante das instruções.

Para assistir ao filme abaixo, você deve clicar na setinha para direita. e logo em seguida clicar em pausar. Espere para carregar o filme aguardando algum tempo. Dependendo da velocidade de sua conexão, isto poderá levar de 5 a 10 minutos, até que o filme seja carregado. Depois desse tempo clique na setinha novamente para parar a exibição. Aguarde então alguns minutos mais, enquanto os próximos minutos do filme são carregados. Você verá a linha do tempo sendo preenchida. Quando ela estiver preenchida até perto da metade, pode dar início novamente à exibição.

Se a espera for maior do que este tempo, sugiro que reduza a resolução para 240p. Isto irá baixar a qualidade da imagem, ou então, espere mais tempo. Provavelmente, neste caso, se você não baixar a resolução, haverá interrupções ao longo da exibição. Porém se a velocidade de sua conexão estiver boa, aumente a resolução conforme desejar para usufruir de melhor qualidade.

Ajuste o áudio conforme sua conveniência no próprio player do filme e no seu sistema operacional. É recomendável a utilização de fones de ouvido para apreciar melhor os sons do filme. Você também pode assistir ao filme em tela cheia, basta clicar na setinha (semelhante à figura abaixo) do lado inferior direito.

full-screen-simbolo

Depois de assistir ao filme, pode fazer um comentário sobre ele. Até peço que o faça. Será muito útil. Não só para mim, que poderei avaliar como está repercutindo meu esforço, como também para outros visitantes, que poderão saber opiniões de outras pessoas sobre o filme a que irão assistir (ou não).  Basta clicar em “Deixe um comentário” na parte superior da postagem ou em XX respostas. Boa diversão.

 

IMPORTANTE

Este blog não tem fins lucrativos. Não recebo nada pelo que ofereço, além da satisfação dos leitores. No blog não tem propaganda de nenhuma espécie. Não tenho intenção de infringir a lei. Se algém se sentir prejudicado em seus direitos autorais, basta me enviar uma mensagem pelo email que tirarei de imediato o filme do blog.

contato-blog

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “Ainda resta uma esperança – John Schlesinger [Filme online]

  1. Denise

    Adorei a resenha, tambem gostei de saber sobre o enredo do filme e adoro filmes ingleses! E olha, este conflito que voce mencionou, entre sogras e genros ou noras ainda existe, conheco varias pessoas que comentam isso! Eh verdade, eu tentei ver um filme que vc dispinibilizou e nao consegui. Que bom que vc escplicou agora! Espero que vc esteja bem e mando um abraco!
    DenisesPlanet.com

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *