Deus sabe quanto amei – Vincente Minnelli [Filme que vi há 50 anos]

Share

Título original – Some came running

Deus sabe quanto amei (Some came running) é um drama cômico com muito romantismo e uma boa análise psicológica dos personagens. Frank Sinatra é o protagonista contracenando com Shirley McLaine  e Dean Martin. Um filme lançado em 1958 baseado no livro Some came running de James Jones publicado em 1957.

Direção – Vincente Minnelli

Apesar do nome italiano, Vincente Minnelli era um cineasta norte-americano. Morreu em julho de 1986 aos 83 anos. Realizou muitos filmes famosos, tendo recebido o Oscar de Melhor direção em 1959 pelo filme Gigi.  Também dirigiu Sinfonia de Paris (1951) que foi indicado a vários prêmios, embora não tenha ganhado nenhum deles.

Aviso

Este filme, a exemplo dos outros dois publicados nesta terça e quarta, já foi postado anteriormente aqui no blog. Pela mesma razão dos outros dois, publicarei novamente aqui, uma vez que agora estou publicado os filmes anotados no meu caderno de cinema, aos quais assisti há 50 anos. Não vou transcrever os comentários que estão anotados no caderno pois, eles já foram publicados na postagem anterior e, para quem quiser lê-los, deixo a seguir um link para a postagem original. Do mesmo modo que esses três filmes iniciais, isso ainda acontecerá com os próximos quatro filmes, que também já foram publicados aqui os comentários que escrevi no caderno de anotações de cinema.

Postagem anterior deste mesmo filme com comentários

Minha opinião acerca deste filme

Considerei o filme excepcional, embora, artisticamente, tenha dado apenas quatro estrelinhas. É uma história emocionante e cheia de situações delicadas e bem comuns no nosso dia a dia. Isso faz com que o espectador se identifique com o filme e com os personagens facilmente.

Assisti a este filne no cinema Duarte Coelho em Olinda, no dia 05 de janeiro, uma quinta-feira.

Dados técnicos do filme

Produção – Estados Unidos
Ano de lançamento – 1958
Colorido – Cinemascope (tela grande)
Duração do filme – 2 horas e 17 minutos
Música – Elmer Bernstein
Gênero – Drama cômico romântico psicológico, suspense e ação
Roteiro – baseado no livro Some came running de James Jones e adaptado por John Patrick e Arthur Sheekman
Elenco e personagens:
Frank Sinatra – Dave Hirsh
Dean Martin – Bama Dillert
Shirley MacLaine – Ginnie Moorehead
Martha Hyer – Gwen French
Arthur Kennedy – Frank Hirsh
Nancy Gates – Edith Barclay
Leora Dana – Agnes Hirsh
Berry Lou Keim – Dawn Hirsh
Larry Gates – Professor Robert Haven French
Steve Pack – Raymond Lanchak
Connie Gilchrist – Jane Barclay
Ned Wever – Smitty

Curiosidades

Segundo a Wikipédia, a atriz Joanne Woodward foi convidada para fazer o paelo de Ginny mas recusou pois não queria contracenar com Frank Sinatra.

No roteiro original Ginny não morreria. O tiro não a matava mas, por sugestão de Frank Sinatra, o roteiro foi alterado para ela morrer pois assim, ela poderia ganhar o Oscar. E realmente, Shirley McLaine ganhou sua primeira indicação ao Oscar por seu desempenho neste filme. E também foi indicada ao Globo de Ouro.

O filme recebeu cinco indicações para o Oscar – Melhor atriz para Shirley McLaine, Melhor ator coadjuvante para Athur Kennedy, Melhor atriz coadjuvante para Martha Hyer, Melhor figurino para Walter Plunkett e Melhor canção original para Jimmy Van Heusen e Sammy Cahn pela música “To Love to be Loved“.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “Deus sabe quanto amei – Vincente Minnelli [Filme que vi há 50 anos]

  1. Denise

    Nossa, nao sabia que morrendo no filme isso traria um Oscar – ou indicacao – a uma atriz! Eu amo musicai e filmes con Frank Sinatra, este tambem. Vc sabe, amo filmes antigos! Um abraco!
    DenisesPlanet.com

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *