Jaula amorosa – René Clément [Filme visto há 50 anos]

Share

Título original – Les  felins

Um filme com Alain Delon e Jane Fonda tem tudo para ser extraordinário. Les felins é um filme excepcional em todos os sentidos. Um roteiro fabuloso, interpretações primorosas e uma direção impecável.

Direção – René Clément

René Clément era considerado um dos melhores diretores do cinema francês. Teve a proeza de conseguir por três vezes o Prêmio de Melhor Diretor do Festival de Cannes, um dos maiores e mais famosos festivais do mundo. Os filmes foram A batalha dos trilhos (1946), Os malditos (1947) e Três dias de amor (1949).

Mas não para por aí. Ele ganhou também dois Oscars e O Leão de Ouro. Os Oscars foram para os filmes Três dias de amor em 1950 e Brinquedo proibido em 1952, ano em que ganhou também, pelo mesmo filme, o Leão de Ouro.

Aviso

Assim como os seis filmes anteriores postados aqui, com a legenda de Filmes vistos há 50 anos, este também já tem um post sobre ele aqui no blog com as anotações que escrevi no  meu cadernos de anotações de cinema em 1967.

Este filme foi visto no dia 21 de janeiro de 1967, um sábado, no cinema São Luiz. O filme é em preto e branco em tela pequena. A cotação moral atribuída por mim foi para adultos de sólida formação.

Estou postando-o novamente, sem estas anotações mas com informações diferentes das fornecidas na postagem anterior sobre o filme. A seguir, deixo um link para quem desejar conferir as anotações que escrevi no meu caderno de cinema sobre este filme.

Postagem anterior de Jaula amorosa

Dados técnicos sobre o filme

Produção – França e Estados Unidos
Ano de lançamento – 1964
Duração do filme – 1 hora e 37 minutos
Gênero – Drama psicológico romântico policial de ação e mistério com cenas de suspense.
Elenco e personagens:
Alain Delon como  Marc
Jane Fonda como Melinda
Lola Albright Barbara
André Oumansky como Vincent
Georges Douking como Clochard

Minha opinião sobre o filme

Considerei este filme excelente em todos os sentidos e mereceu cinco estrelinhas. O roteiro é uma adaptação de uma novela de Day Keene – Joy house – feita pelo próprio diretor, René Clément, ajudado por  Pascal Jadin e Charles Williams.

A trama é muito bem conduzida por Clément que consegue imprimir um bom ritmo nas cenas mostrando um homem enredado em uma teia cada vez mais envolvente e finalmente inoculado pelo veneno que o impede de fugir daquela Jaula amorosa.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *