A lista de Adrian Messenger – John Huston [Filme visto há 50 anos]

Share

Título original – The list of Adrian Messenger

A lista de Adrian Messenger é um filme lançado em 1963 baseado no livro The list of Adrian Messenger de Philip MacDonald. É um filme de suspense e mistério com um elenco de estrelas.

Direção – John Huston

Há poucos dias postei aqui um filme deste mesmo diretor. John Huston dirigiu inúmeros filmes ao longo de sua vida. Como escrevi na outra postagem sobre ele em Moulin Rouge, John Huston dirigiu mais de cinquenta filmes e, também este, é um dos destaques.

Minha opinião sobre o filme

Assisti a este filme no cinema São Luiz no dia 25 de fevereiro, um sábado, encerrando os filmes de fevereiro. O filme trás uma grande dose de mistério. Adrian Messenger, vivido por John Marivale, é um escritor que tem uma participação mínima no filme mas, importantíssima. Ele oferece uma lista de dez nomes a um amigo da polícia secreta inglesa que irá dar a pista sobre um assassino cruel que usa muitos disfarces para cometer os seus crimes. Por ser um filme em preto e branco, Huston consegue dar um ar de maior mistério ainda nas cenas que também vêm carregadas de muito suspense.

Logo no início do filme, você se surpreende com a reunião de grandes nomes do cinema em um único filme. Coisa muito rara de acontecer. Embora os atores encenem seus papeis disfarçados através de pesada maquiagem, o espectador, após o final do filme, ficará sabendo quem é quem pois cada um retira as máscaras e a maquiagem revelando suas verdadeiras identidades. Então, você encontrará Kirk Douglas, Tony Curtis, Burt Lancaster, Robert Mitchum e Frank Sinatra, disfarçados em personagens característicos.

É um filme fantástico muito bem conduzido por Huston que se destaca por tiradas geniais na dinâmica do filme. A cotação que atribuí há 50 anos foi de cinco estrelinhas e a cotação moral, para adolescentes. Isso não significa que o filme seja um filme para adolescentes. Pelo contrário. É um filme para adultos e, pensando melhor hoje, a censura que eu iria colocar seria para adultos.

Dados técnicos do filme

Produção – Estados Unidos
Ano de lançamento – 1963
Duração do filme – 1 hora e 40 minutos
Gênero – Drama de suspense, mistério, crítica, romântico psicológico, policial de ação.
Música – Jerry Goldsmith
Elenco e personagens:
George C. Scott……………..Anthony Gethryn
Dana Wynter…………………Lady Jocelyn Bruttenholm
Clive Brook…………………….Marquês de Gleneyre
Herbert Marshal…………….Sir Wilfred Lucas
Kirk Douglas…………………..Vigário Atlee/George Brougham/Senhor Pythian/Arthur Henderson
John Merivale………………….Adrian Messenger
Marcel Dalio……………………Max Karoudjian
Gladys Cooper…………………Senhora Karoudjian
Bernard Archard………………Inspetor Pike
Jacques Roux……………………Raoul Le Borg
Tony Huston (creditado como Walter Anthony Huston)…Derek Bruttenholm
Participações com disfarçes: Tony Curtis, Burt Lancaster, Robert Mitchum e Frank Sinatra

 

Registro importante – Comentários sobre o filme

(O texto a seguir também encontra-se no meu caderno de anotações de cinema)

Um excelente policial com uma boa dose de mistério, um elenco bem formado, reunindo atores como Kirk Douglas, que vive quatro papéis diferentes no filme, e as participações especiais de Tony Curtis, Burt Lancaster, Robert Mitchum e Frank Sinatra que, durante o filme, estão disfarçados e no final tiram os seus disfarces surpreendendo a todos.

Com este excelente “List of Adrian Messenger” o Cinema de Arte encerra sua programação em fevereiro, e também, sua estadia no cinema São Luiz. A partir do dia 1º de março, passará a funcionar no cinema Coliseu, em caráter permanente, a exemplo do cinema Paissandu no Rio de Janeiro.

A inauguração será com o filme O homem do Prego, um dos dez mais em 1966 para a crítica carioca. Diariamente serão apresentadas duas sessões e três aos domingos, com dois filmes por semana. Um grande passo para a civilização recifense e uma feliz iniciativa dos críticos.

 

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share