Através dos livros

Share

Esta página está sendo criada hoje, 21 de dezembro de 2013, para apresentar as minhas verdades a respeito deste recurso tão maravilhoso que me faz vivenciar indescritíveis prazeres – os livros.
E notem que hoje é o início do Verão !!! Não foi premeditado mas, sem dúvida alguma, não foi por acaso. Como acredito que “nada acontece por acaso“, suponho ter sido alguma conspiração divina. Acreditem!

A idéia veio de uma pessoa que conheci no facebook “casualmente”. (risos….)
É a Lua Ísis Afrodite Anna Marília Costa. Pessoa fantástica que tem um blog lindo sobre livros. Vou colocar aqui um link pra esse blog pois vale a pena conhecer.
Visitem Viagens Literárias a Lua

Incialmente, acreditei ser uma idéia original mas, logo em seguida, descobri que não. Não sei se ela teve realmente a idéia ou se resolveu copiar de outra pessoa mas, o fato é que encontrei um outro blog semelhante, sendo bem mais variado de uma menina de Vila Velha, (ES) – “Descortinando Horizontes.com” de Melissa Zorzanelli que também ofereço o link acima para quem desejar visitar. Vale a pena também. Eu recomendo..

 

Bem, aqui como disse, vou escrever sobre os livros que já li, os que pretendo ler e os que recomendo.
Espero também, assim como Lua e Melissa, ser útil a alguém. E, certamente, meu blog ficará mais rico e mais visitado (espero).

Pra começar vou comentar sobre um livro que estou concluindo após ter parado de lê-lo por cerca de uns 3 meses – “Grito de guerra da Mãe Tigre” de Amy Chua que segue abaixo.
Em seguida vou aos poucos postando as resenhas sobre os títulos abaixo do texto do livro de Amy Chua. Vou colocar logo uma relação destes livros que, na medida em que for escrevendo as resenhas irei colocando links nos títulos correspondentes.

Boas leituras!

Grito de Guerra da Mãe Tigre (Amy Chua)

Este é o livro que estou terminando sua leitura no momento. Trata-se de uma autobiografia que demonstra de modo claro o por que de os chineses estarem dominando o mundo e a razão de um ocidental não chegar nem de longe aos pés de um chinês.

“Grito de Guerra da Mãe-tigre’ é a história de uma mãe radical. Por se opor de maneira drástica à indulgência dos pais ocidentais, Amy Chua tomou a decisão de criar as filhas, Sophia e Lulu, à moda chinesa. As mães-tigres veem a infância como um período de treinamento. Para Sophia e Lulu, isso significa aulas de mandarim, exercícios de rapidez de raciocínio em matemática e duas ou três horas diárias de estudo de seus instrumentos musicais (sem folga nas férias, e com sessões duplas nos fins de semana). ‘Grito de Guerra da Mãe-tigre’ expõe o choque das visões de mundo oriental e ocidental no que diz respeito à criação dos filhos. Mas é basicamente a história das expectativas de uma mãe em relação às duas filhas e os riscos que está disposta a enfrentar para investir no futuro de ambas”.

Por ter sido oriundo do blog Saleta de Leitura (Link no título)  foram mantidos todos os erros como por exemplo mães-tigres ao invés de mães-tigre.

Uma das coisas mais extraordinárias que encontrei neste livro foi o texto sobre as dez coisas que as filhas da mãe tigre nunca tiveram permissão para fazer e que enumero abaixo.

1. dormir na casa de amiguinhas
2. aceitar convites para brincar com amiguinhas
3. participar de peças ensinadas na escola
4. reclamar por não participar de peças encenadas na escola
5. ver televisão ou brincar com jogos no computador
6. escolher suas atividades extracurriculares
7. tirar qualquer nota abaixo de A
8. não ser a primeira da classe em todas as matérias, exceto educação física e teatro
9. tocar qualquer instrumento senão piano ou violino
10. não tocar piano ou violino.

Note que a sétima coisa é surpreendente! Ela não admite nenhuma nota abaixo de 10 (é o que representa a nota A)

As meninas não podem dormir na casa de amiguinhas ou brincar com elas nem participar de peças encenadas na escola porque isso, irá atrapalhar os seus planos de estudo.

*******

Abaixo encontra-se uma relação de livros que você poderá em breve ler meus comentários sobre eles. Se você clicar no título e não houver link é porque ainda não escrevi sobre o mesmo. Como estou criando esta seção do blog agora não tenho ainda todas as resenhas. Os livros abaixo eu já os li mas preciso escrever sobre os mesmos a partir da decisão de criar essa seção do meu blog  “Minhas Verdades através dos livros”.

RELAÇÃO DE LIVROS QUE JÁ LI OU QUE ESTÃO NA MINHA ESTANTE PARA EU LER

TÍTULO (ordem alfabética apenas da letra inicial) AUTOR ANO DE
EDIÇÃO
A (Títulos sem ordem alfabética com A)
  • Advogado, O (John Grisham), 1998.
  • Antologia poética(Vinícius de Moraes), 1992.
  • Arte de reencontrar-se, A (Edouardo Giust), 1988.
  • Amar pode dar certo (Roberto Shinyashiki), 67ªed.
  • Akhenaton, o filho do sol(Luiz Carlos Carneiro), 1991.
  • Alquimista, O (Paulo Coelho), 1993.
  • Areia e espuma (Gibran Khalil Gibran), 1973.
  • Autobiografia em versos (Cícero do Samburá), 2009.
  • Anjos e demônios (Dan Brown), 2004.
  • Alguma poesia (Carlos Drummond de Andrade), 2011.
  • Arte de separar-se (Edoardo Giusti), 1987.
  • Arquitetura dos sentidos (Bartyra Soares), 2012.
  • Asas partidas (Khalil Gibran), 4ªed.
  • Amando uns aos outros (Leo Buscaglia), 6ª ed.
  • Arca de Noé, A (Vinícius de Moraes), 2014.
  • Amor sem limites (Abbi Glines), 2014.
  • Amor, maybe (Francine Cruz), 2011
  • Amor é prosa, sexo é poesia (Arnaldo Jabor), 2004
  • Anarquistas, graças a Deus (Zélia Gattai), 2000
B (Títulos sem ordem alfabética com B)
C (Títulos sem ordem alfabética com C)
  • Como evitar o evenenamento mental (H. Spencer Lewis), 1990.
  • Código rosacruz de vida (Christian Bernard), 1992.
  • Cartas do Pequeno Príncipe (Antoine de Saint Exupèry), 1969.
  • Cidade do sol, A (Khaled Hosseini), 2007.
  • Cabana, A (William P. Young), 2008.
  • Capibaribe, um rio domado (Zadoque Alves da Fonseca), 1994.
  • Cem melhores poemas brasileiros do século [Diversos autores (coletânea)], 2001.
  • Cem anos de solidão (Gabriel Garcia Márquez), 1967.
  • Código Da Vinci (Dan Brown), 2004.
  • Cartas a um jovem poeta (Rainer Maria Rilke), 1966.
  • Cartas de juventude (Antonie de Saint Exupéry), 2000
  • Cidadela (Antoine de Saint Exupèry), 2ªed.
  • Carolina (Gerusa Leal), 2013.
  • Caminhos diversos (Ariadne Cavalcante), 2012.
  • Ciclo das oferendas (Bartyra Soares), 2007.
  • Confissão (Paula Pimenta), 2013.
  • Causos de ônibus e outros acontecimentos (Daniela Kano Vieira), 2015.
D (Títulos sem ordem alfabética com D)
  • Décima profecia – Guia de leitura (James Redfield e Carol Adrienne), 1997.
  • De alma para alma (Huberto Rohden), 1961.
  • Diário de Anne Frank (Otto H. Frank e Mirjam Pressler), 2010.
  • Diário de uma paixão (Nicholas Sparks), 2014.
  • Dentro de um mês dentro de um ano (Françoise Sagan), 1958.
  • Discurso de primavera e algumas sombras (Carlos Drummond de Andrade), 2006.
  • Desenhando com o lado direito do cérebro (Betty Edwards), 1984.
  • Diálogos no picadeiro da vida (Edvaldo Arlego), 1983.
  • Doutrinas Secretas de Jesus, As (H. Spencer Lewis), 1989.
  • Dom Quixote (Miguel de Cervantes), 1978.
  • Despertar dos mágicos (Louis Pauwels e Jacques Bergier), 1969.
  • Delírios (Maria José Araujo de Carvalho), 1985.
  • Dia daqueles, Um (Braden Trevor Greivi), 2001.
  • Duas vidas (Andrezza M. Santos), 2014
  • Dibs, em busca de si mesmo (Virginia M. Axline), 1982.
E (Títulos sem ordem alfabética com E)
  • Eu e você (Paul Geraldy), 1971.
  • Eclipse da vida (Cesar Rabello) – 2015
  • Educando para imortalidade (Ana Rimoli de Faria Dória), 1989.
  • Expressão de nós Luz da poesia (Diversos autores (coletânea)), 2007.
  • Em cima do rastro (Diversos autores), 1976.
  • Era de Aquarius (Ary Médici Arduino), 1990.
  • Espaço tempo e além (Bob Toben e Fred Alan Wolf), 1993.
  • Escafandro e a borboleta, O (Jean Dominique Balby), 1997.
F (Títulos sem ordem alfabética com F)
G (Títulos sem ordem alfabética com G)
  • Grito de guerra da mãe tigre (Amy Chua), 2013.
  • Garoto da casa ao lado, o (Meg Cabot), 2004.
  • Gato de botas e outras histórias, O (Charles Perrault e Walcyr Carrasco),2009
H (Títulos sem ordem alfabética com H)
  • Harmonia do viver, A (Rui Vaz Costa), 1999.
  • Há um quadrado de céu que não viram (Maria Alzira Perestrello), 1972.
  • Humildes, Os (Valença Leal), 1994.
  • Histórias de pescador (Jarbas Gurgel), 2005.
  • História para se ouvir de noite (Guilherme Figueiredo), 1964.
I (Títulos sem ordem alfabética com I)
  • Insustentável leveza do ser, A (Milan Kundera), 1983.
  • Iluminado, O (Sherab Chodzin Kohn), 1999.
  • Inteligência emocional (Daniel Goleman), 39ªed.
  • Inexatidão do tempo (Bartyra Soares), 2015
J (Títulos sem ordem alfabética com J)
  • Jardim do diabo, O (Luis Fernando Veríssimo), 1988
  • Jardim dos Finzi-Contini – Giorgio Bassani – 1980
  • Jardim de inverno, O (Kristin Hannah), 2013
K (Títulos sem ordem alfabética com K)

 

L (Títulos sem ordem alfabética com L)
M (Títulos sem ordem alfabética com M)
  • Mistérios do coração (Roberto Shinyashiki), 1990.
  • Mas será o Benedito? (Mário Prata), 1996.
  • Meu pé de laranja lima (José Mauro Vasconcelos), 1968.
  • Mensagens do Sanctum Celestial (Raymond Bernard), 1980.
  • Mil anos passados (H. Spencer Lewis), 1990.
  • Manual Rosacruz (H. Spencer Lewis), 1980.
  • Meditação transcendental (Robert Hollings), 1983.
  • Mário Melo (Cláudio Tavares), 1978.
  • Menina que roubava livros, A (Markus Zusak), 2007.
  • Médico de homens e de almas (Taylor Caldwell), 2010.
  • Mestre dos mestres (Augusto Cury), 2006.
  • Mestre da sensibilidade, O (Augusto Cury), 2006.
  • Mestre da vida, O (Augusto Cury), 2006.
  • Mestre do amor, O (Augusto Cury), 2006.
  • Mestre inesquecível, O (Augusto Cury), 2006.
  • Maomé (Deepak Chopra), 2011.
  • Místico em oração e O Verbo propagou-se (Many Chlar e Laura DeWitt James), 1981.
  • Mensagem (J. G. de Araujo Jorge), 1966.
  • Medo da vida (Alexander Lowen), 1986.
  • Memórias de minhas putas tristes (Gabriel Garcia Márquez), 2014.
  • Mais pura verdade, A (Dan Gemeinhart), 2015
  • Meu livro de cordel (Cora Coralina), 2012
  • Manual prático de bons modos em livrarias (Lilian Dorea), 2013.
N (Títulos sem ordem alfabética com N)
O (Títulos sem ordem alfabética com O)
  • Ouro de Quipapá, O (Hubert Tezenas), 2014. (e-book)
  • Oksa Pollock e o Mundo Invisivel (Anne Plichota Cendrine Wolf),
P (Títulos sem ordem alfabética com P)
  • Paixão sem limites(Abbi Glines), 2013.
  • Pequeno Príncipe, O(Antoine de Saint Exupèry), 1964.
  • Perdas e ganhos (Lya Luft), 2004.
  • Pais e filhos (Roberto Shinyashki), 1992.
  • Parábolas )Gibran Khalil Gibran), 1973.
  • Paraíso é uma questão pessoal (Richard Bach), 1974.
  • Para viver um grande amor (Vinícius de Moraes), 6ªed.
  • Prática da harmonização (Rui Vaz Costa), 1998.
  • Para uma menina com uma flor (Vinícius de Moraes), 1966.
  • Platão e o problema educacional (Samuel Scolnicov), 2006.
  • Psicologia da criatividade (Maria Helena Novaes), 1975.
  • Piloto de guerra (Antoine de Saint Exupèry), 7ªed.
  • Platão e a República (Jayme Paviani), 2003.
  • Por céus nunca dantes navegados (Fernando Chaves Lins), 2003.
  • Príncipe, O (Nicolau Maquiavel), 2006.
  • Profeta, O(Gibran khalil Gibran), 1996.
  • Poder da Kabbalah, O (Yeuda Berg), 1972.
  • Poliana, Eleanor H. Porter, 2004
  • Pássaro engaiolado(Tetê Mansur), 2011.
  • Pé na estrada – viagens perfeitas (Claudia Ziller Faria), 2013.
  • Para cruzar o Atlântico (Simone Guerra), 2013. [e-book]
  • Playlist de Hayden, A (Michelle Faulkoff),
Q (Títulos sem ordem alfabética com Q)
  • Quiromancia [Bel-Adar (org.)], 1997.
  • Quando Nietzsche chorou (Irvin D. Yaom e Ivo Korytowski),
  • Quase Ficção – Contos (Oscar Dias Corrêa)
  • Quinze, O (Rachel de Queiroz), 1977
R (Títulos sem ordem alfabética com R)
  • República de Platão, A (Simon Blackburne), 2008.
  • Retorno da alma (Spencer Lewis), 1987.
  • Raio de sol – Poesias (Rosângela Maria Silva Lucena), 1998.
  • Rosinha, minha canoa (José Mauro Vasconcelos), 1969.
  • Resposta, A, (Katheryn Stockett), 2012.
  • Resgate de Maria Metálica, O (Lorena Rocque), 2014.
S (Títulos sem ordem alfabética com S)
  • Seu futuro astrológico (Linda Goodman), 1994.
  • Seus pontos fracos (Wayne W. Dyer), 8ªed.
  • Sucesso é ser feliz, O (Roberto Shinyashiki), 1997.
  • Segredos do Coração (Khalil Gibran), 3ªed.
  • Sussurros do eu interior (Valdivar), 1979.
  • Silêncio das velas vivas (Bartyra Soares),
T (Títulos sem ordem alfabética com T)
  • Terra dos homens, Antoine de Saint Exupéry, 1970
  • Tela da vida, A (Fritjof Capra), 2006.
  • Ternura para sorrir e sonhar (Pauldy Bird), 1972.
  • Tentação sem limites (Abbi Glines), 2013.
U (Títulos sem ordem alfabética com U)
V (Títulos sem ordem alfabética com V)
  • Voz do mestre, A (Kahlil Gibran), 4ªed.
  • Verdade de cada um, A (João Mansur Júnior), 1987.
  • Vôo noturno (Antoine de Saint Exupèry), 1967.
  • Vid’amor (Isaac Rocha), 2006.
  • Versilêncios (Gerusa Leal), 2008.
  • Vingança mortal (Raquel Machado), 2014
W (Títulos sem ordem alfabética com W)

Werther (Johann Wolfgang Von Goethe), 1971

X (Títulos sem ordem alfabética com X)
  • Xangô de Baker Street, O (Jô Soares), 1997.
Y (Títulos sem ordem alfabética com Y)
  • Yung é a aurora da maçonaria (Jean-Luc Maxence), 2010.
Z (Títulos sem ordem alfabética com Z)
  • Zorba, o grego (Níkos Kazantzákis), 1964.
  • Zé do caixão – Maldito (André Barcinski), 2015.

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share