Arquivo da tag: texto autoral

Tecendo palavras – Poesia [Texto autoral]

Share

Texto autoral

Ontem (dia 26) compus mais uma poesia inspirado no meu grande amor, o amor de toda minha vida. A mulher a quem dedico todo o meu ser, todas as minhas verdades, todo o meu amor. Este texto autoral em forma de poesia livre e com rimas surgiu espontaneamente e é oferecido à musa inspiradora do poema.

Tecendo palavras

Criando canções na varanda,
pela noite a cantar, eu vou
e as palavras tecendo, estou
na rede, regendo vou, uma banda.

Banda imaginária que toca uma ciranda,
que todos animadamente dançam e rodam
batendo os pés em cadência cantando
e as palavras dos versos tecendo eu vou.

E a noite me leva nos braços do amor
que em carinhos e cuidados me faz cobertor
quando na cama chego e encontro uma flor
que de pele morena, se deita à espera do cantor.

Não mais consigo as palavras tecer
nesta canção que inacabada ficou
pois a flor que na cama me espera
é tudo que quero, é o meu grande amor.

Versos de Alberto Valença Lima
Em 2018, jan, 26 – 22h40

Share

O nosso dia-a-dia – Poesia [Texto autoral]

Share

Poesia (texto autoral)

Esta poesia, composta por Alberto Valença Lima, é dedicada a uma pessoa muito especial na minha vida. Pessoa muito cara há um longo tempo. Ela é dedicada a você, meu amor. Noiva de quase um ano, amor de uma eternidade que já dura quase 50 anos.

O nosso dia-a-dia

Versos de Alberto Valença Lima
em 2018, janeiro, 14, às 12 h.

Embalado nas tuas juras de amor,
sigo feliz pelo dia inteiro a sorrir.
Minhas juras também te deixam abrir
um sorriso de flor do teu desejo interior.

Nada detém nosso amor a crescer,
e devagar construímos nossos sonhos,
que no passado distante foram cortados
em pedacinhos que, aos poucos juntamos.

Mas não são cacos, esses sonhos impedidos
por quem não compreendeu toda grandeza
de um amor que na juventude surgiu,
numa festa de 15 anos em meus braços dançando.

Aquela menina de longos cabelos negros cheirosa,
de branco vestido, em bordados teu belo corpo enfeitava.
Mas em passos de valsa, samba e foxtrote, bolero e forró,
deslizava naquele salão de luzes e cores que a música entoava.

Temos algo em nossos corações a cantar,
com alegria e muito desejo de em breve casar.
Nossos dias serão, com certeza, cheios de vida,
E muita felicidade, amor, respeito e cumplicidade.

Share