Intensité

Share


Hoje minha escrita é para uma pessoa que nem conheço…
Uma pessoa que escreve divinamente e que compartilha com seus leitores coisas belíssimas, imagens, pensamentos…
Para ela, sem nenhum propósito de aproximação ou de conquista, fiz os versos que este post finaliza.

Intensité…
Tuas palavras são mais fortes que teus gestos…
Estranhamente, os versos que escolhes,
te pintam como ser de luz…
Entretanto, tuas escolhas,
te encaminham para uma dor sem jeito…

Estes versos de Clarice que te definem
sofrem como se tuas lágrimas me umedecessem a face…
Como queres sentir tua leveza,
esvaziando teus excessos?

Onde moram tuas tristezas?
Acaso de intensas vivências acreditas,
melancólica, que de luzes te colherei em cores?

Oh… minha pequena mulher tão bela…
Onde moras acaso encontrarei uma capela?
Ou as manchas do teu choro sentem
a cor do meu sorriso ao te beijar?

Inspiras-te-me estes versos,
agora escritos de improviso…
só em olhar tuas cores de mulher que és…
que um só beijo em teus lábios não esqueço,
do sentir que tuas escolhas me fascinam…
Tal qual Elis ao cantar uma canção,
Que te trouxe até mim e me tocaste…
No mais íntimo do homem que sou.

Obs. A imagem deste post foi extraída do blog Intensité. Era a imagem usada na apresentação do blog quando o acessei pela primeira vez há tempos atrás.

Leia o texto completo
The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

2 ideias sobre “Intensité

  1. CMEISAL

    Que lindo poema! E, como o próprio título sugere – Que intenso! Gostaria de pedir desculpas pela minha minha ausência demorada. Confesso que fiquei perturbada com os seus comentários no meu Blog. “…o motivo de minha participação aqui é pra lhe dizer que se não fosse trágico, é cômico demais. Desculpe. Não é minha intenção ridicularizá-la mas é muito engraçado. Mas se valorize. Ninguém merece tamanha sina.”
    – Não entendi. Será que vc fala comigo ou com a personagem? O texto é uma ficção e eu tomarei seus comentários como elogios à minha escrita. Espero não estar sendo pretenciosa. obrigada pela visita e volte sempre que puder. Um abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *