Meu pé de Laranja Lima [Filme]

Share

Meu pé de Laranja Lima, brasileiro

Eu me correspondia (por cartas de papel naquele tempo – 1968) com uma menina do Rio de Janeiro, da cidade de Valença e ela havia comentado em uma das cartas sobre um livro de um autor iniciante – José Mauro Vasconcelos e que era maravilhoso com um título homônimo. Eu fui correndo até a Livro 7, uma famosa livraria que existia em Recife na década de 1960 mas havia esgotado todo o estoque. Tarcísio, o dono da livraria, me falou que já havia encomendado nova remessa e que estaria chegando na semana seguinte. Fiquei angustiado até a outra semana e, logo cedo na segunda-feira, cheguei na livraria para comprar o livro mas ele ainda não tinha chegado. Na terça a mesma coisa. Quarta, quinta, sexta e sábado, o mesmo. Só na outra segunda que chegaram os livros. Comprei e saí correndo pra casa. No ônibus mesmo já fui iniciando a leitura e, no mesmo dia já havia acabado. Chorei de me acabar com a história daquele menino ingênuo, puro e sofredor. Ria feliz com as conversas dele com o pé de laranja-lima e com o Portuga. Foi o segundo melhor livro que li em toda minha vida.

laranja lima1

Bem, peço desculpas pelo meu desabafo mas, precisava escrever isso antes de começar a escrever sobre o filme. Na verdade, existem duas versões deste longa. A primeira, que considero melhor, e a segunda, que é mais atual e famosa.

laranja lima1b1ª versão – direção – Aurélio Teixeira, música – Edino Krieger, 95 min, 1970.
2ª versão – direção – Marcos Berstein, 97 min, 2012.

Elenco (1ª versão):
Júlio César Cruz …. José Mauro Vasconcelos “Zezé”
Aurélio Teixeira …. Manuel Valadares “Portuga” (participação especial)
Leilany Chediak…. Jandira
Henrique José Leal …. Serginho, o menino rico (não creditado)
Elisa Fernandes …. Lili
Julio Hofacker…Tio Edmundo
Janet Chermont…Glória, uma das irmãs
Catulo de Paiva…Ariovaldo, vendedor
Rubens Abreu…Paulo, o pai
Maria Gladys …. professora Cecília (não creditada)
Vitório Veríssimo…Luís, o irmão mais novo
Jorge Luiz Trannin…Totoca, outro irmão
Maria Helena Lott…Stefânia, a mãe
Iva West…Dindinha

Assista a 1ª versão do filme clicando na imagem abaixo.

laranja lima2

Elenco (2ª versão):
João Guilherme Ávila ……. Zezé
José de Abreu ……. Portuga
Caco Ciocler ……. José Mauro de Vasconcelos (adulto)
Eduardo Dascar …… Paulo (pai de Zezé)
Fernanda Vianna …… Selma (mãe de Zezé)
Pedro Vale ….. Totoca
Leônidas José ….. Luís
Julia de Victa ….. Glória
Kathia Calil ….. Jandira
Eduardo Moreira ….. Ladislau
Tino Gomes ….. Ariovaldo
Inês Peixoto ….. D. Cecília

Assista a 2ª versão do filme clicando na imagem abaixo.

laranja lima2aDuas versões de uma única história baseada no livro homônimo de José Mauro Vasconcelos que já foi campeão de vendas na época em que foi lançado (1968) sendo um dos livros brasileiros mais vendidos de todos os tempos, tendo sido traduzido para mais de 20 idiomas.

laranja lima1cA primeira versão do filme é de 1970, ou seja, dois anos após o lançamento do livro. Foi dirigida por Aurélio Teixeira e estrelada por Júlio César Cruz no papel de Zezé. Esta primeira versão é mais fiel à história original, inclusive com a preservação dos diálogos, sendo as interpretações bem mais convincentes que a outra versão de 2012.

laranja lima2bA segunda versão, dirigida por Marcos Bernstein e com João Guilherme de Ávila no papel principal. Nesta versão, o diretor apresenta a história, através de uma recordação de Zezé já adulto, interpretado por Caco Ciocler numa participação especial no filme. Não gostei desta segunda versão, embora tenha sido muito festejada pela crítica. Considerei o menino que escolheram pra interpretar Zezé com cara de imbecil, retardado e idiota. Até a interpretação do veterano José de Abreu no papel do “Portuga” deixa muito a desejar. Alem disso, o som é péssimo nesta segunda versão e, em alguns diálogos, o expectador não consegue entender o que o personagem está falando, especialmente quando o menino Zezé fala, com uma péssima dicção.

laranja lima1aEla só tem uma coisa que supera a primeira versão: é a maneira como o diretor consegue transmitir a forma como a fantasia se transformava em realidade para Zezé.

A primeira versão mereceu quatro estrelinhas enquanto a segunda apenas duas.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share