Diário de uma paixão [Filme]

Share

Diário de uma paixão [The notebook], Nick Cassavetes, 2004.

Diário De Uma Paixão é um filme norte-americano dirigido por Nick Cassavetes, baseado no livro homônimo de Nicholas Sparks.

diario-paixao2
Sinopse – Numa clínica geriátrica, Duke (James Garner), um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversõediario-paixao1s. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.
[Texto extraído do sítio Adoro cinema – disponível no link]
diario-paixao3Trata-se de uma das mais belas histórias de amor que já presenciei. Com cenário belíssimo e uma persistente vontade de permanecerem juntos, os dois pombinhos enfrentam muitas dificuldades para satizfazerem este desejo e, o diretor, Nick Cassavetes, consegue transpor para o cinema de forma muito fiel a história de Sparks. Não li ainda o livro mas, pelas críticas que li posso afirmar isso.

James Garner ficou muito conhecido pela sua atuação na série de TV dos anos 60, Maverick. O filme tem algumas cenas marcantes como por exemplo, o momento em que Noah sobe na roda gigante em movimento para convencer a Allie a sair com ele ou quando, na clínica geriátrica, a mulher que ouvia as histórias contempla o lago pela janela e diz que aquela era uma das cenas mais belas que já vira. O cenário é deslumbrante. A música de Aaron Zigman é belíssima, os desempenhos são ótimos e o roteiro é perfeito para uma história de amor.

O filme é baseado numa história real que inspirou Nicholas Sparks ao escrever o livro homônimo no qual se apoiou o diretor para fazer o filme. Foram os avós da sua esposa (de Sparks) que viveram uma história semelhante. O filme mereceu quatro estrelinhas.

Para assistir ao filme clique na imagem abaixo e, para vê-lo em tela inteira clique no controle ao lado direito da parte inferior da tela onde aparece uma espécie de quadrado semelhante à figura a seguir [ ]

 

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *