Meu perfil

Share

 

MEU PERFIL – Corrente em EcoSys

 

[1]

Homem pernambucano, romântico,
Romântico, perfeccionista também sou,
Sou melancólico mas feliz e fleugmático,
Fleugmático, mas casado não sou mais .

[2]

Mais que tudo, amo minha família,
família que com carinho criei
criei sem ser Deus em quem creio
creio na minha força criadora.
viagem

[3]

Criadora é também a fotografia,
Fotografia que curto, no filme que inebria,
Inebria sem alienar, só não com artesanato
artesanato é bonito mas não entra no meu quarto.

[4]

Quarto onde gosto de ouvir boa música,
Música que toca no silêncio,
Silêncio que me acolhe,
Acolhe pra curtir minha solidão.

[5]

Solidão não teria com animais de estimação,
Estimação que tenho com a natureza,
Natureza que abriga as flores,
Flores que perfumam e embelezam.

[6]

Embelezam viajar, sempre sonho um quero mais,
Mais sonhos? Os meus livros publicar,
Publicar minhas verdades,
Verdades de um ser que virou blog
Verdades-de-um-ser3

[7]

Blogque criei, pra meu ser compartilhar,
Compartilhar minhas verdades do meu ser vou festejar,
Festejar a privacidade que teimo em preservar,
Preservar a amizade que costumo selecionar.

[8]

Selecionar alegrias que compartilho, sem rancor,
Rancor que só destrói, as alegrias do amor.
Amor, é tudo que busco, nos meus versos rebuscados,
Rebuscados com carinho que de ti quero o calor.

[9]

Calor sem temor, vinde todos, meus versos desfrutar,
Desfrutar com alma alegre, nas fronteiras do amor,
Amor que só trás, afeto e aconchego é um cântico,
Cântico com que sonha um homem romântico.

 

 

Estes versos foram modificados para obedecerem as regras das correntes em EcoSys, estilo literário criado por Suely Sabino Reis do Recanto das Letras.
São as seguintes as regras do estilo Corrente em EcoSys:
  1. os versos formam quadras (4 versos) com no máximo dez sílabas;
  2. cada verso deve começar com a mesma palavra que terminou o verso anterior,  com ou sem rima;
  3. as correntes em EcoSys são formadas por pelo menos 5 estrofes
  4. cada estrofe deve iniciar com a mesma palavra do último verso da estrofe anterior.
  5. o último verso deve terminar com a mesma palavra que começou ou que terminou o primeiro verso.

Só não foi respeitada a regra das dez sílabas.

Obs. Este texto está sendo publicado para participar do desafio A poem a day, proposto por Vanessa Chanice do blog Central das Letras.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “Meu perfil

  1. Anonymous

    Oi, que bom lhe ver no desafio, e assim… Atuante. Admiro muito você! Parabéns por sua bela postagem, que bom poder lhe conhecer mais um pouquinho! Beijos!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *