Love [Filme 3D]

Share

Título original – Love
Direção – Gaspar Noé

Alerta – Postagem não recomendada para menores de 16 anos.

love

Filme muito polêmico que teve uma grande repercussão no Festival de Cannes este ano, quando rfoi exibido sem concorrer a prêmios mas, foi o filme  que teve maior afluência de público nas salas em que foi exibido. O diretor, Gaspar Noé, já é famoso por sua irreverência, tinha prometido muitas cenas de sexo o que, realmente é visto.

O filme já começa com uma cena contundente. Um homem e uma mulher nus numa cama, ela acariciando o membro dele, duro e pulsante, ele pegando no clitoris dela, ou seja, cada um masturbando o outro de forma muito assintosa. A câmera pega a… como direi? A xoxota (desculpem, não tenho outro modo de dizer) de frente, quase que em close. Sei que poderia escrever vulva mas não é a mesma coisa. Não é um filme educativo, é um filme de sexo. A cena dura uns 5 minutos e depois há um corte para aparecer uma cena com Murphy conversando com Electra.

O diretor, em 2002, causou tanta polêmica no Festival de Cannes daquele ano, que, ainda hoje, se fala na cena em que Monica Bellucci é estuprada numa cena do filme Irreversível que causou uma verdadeira comoção. No primeiro dia de exibição, cerca de 250 pessoas se retiraram da sessão antes do filme terminar.

O filme é apresentado em flashbacks. Especialmente no início e no final, quando as cenas são do momento atual, o filme mostra uma realidade da existência de duas pessoas obcecadas pelo sexo. E nesses dois momentos em particular, isso fica evidenciado.

love3

Os desempenhos são sofríveis. Como havia necessidade de sexo real e isto seria filmado na frente de um monte de gente, foram muitas as desistências de possíveis candidatos a ator e atrizes. Karl Glusman só tinha papéis secundários em sua carreria até então e Aomi Muyock e a garota Karla Kristin são todas duas, estreantes. Nenhum dos três consegue um desempenho nem sequer regular.  As expressões são pobres, apáticas. Não conseguem convencer. Mas, como só o que precisam fazer é sexo, isso eles fazem muito.

O filme, apesar de ter muito sexo, não é um filme pornô. É um filme sério, apesar do exagero em algumas coisas. Por exemplo, uma coisa que não vi ninguém falar, é o despropósito da cena em que o menino, o filho de Murphy, com cerca de 5 anos, é estuprado. A cena não aparece mas, dá a entender que isto aconteceu. Com esta cena eu fiquei revoltado. Lamentável que tenha sido permitida. É aviltante.

Mas o filme em si, é bom. Um pouco cansativo e repetitivo mas com uma trilha sonora belíssima e muito, muito sexo, das mais variadas formas possíveis. Algumas cenas são muito excitantes. Mereceu 3 estrelinhas. estrelasred
Produção – França, 3D
Ano de lançamento – 2015
Duração – 2 horas e 15 minutos
Elenco e personagens

Karl Glusman ………. Murphy
Aomi Muyock ………. Electra
Klara Kristin ………… Omi
Gaspar Noé ………….. Proprietário da Galeria de Arte
e ainda: Frank Wiess e Norman Jacques

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

2 ideias sobre “Love [Filme 3D]

  1. Denise

    Mmm… nao sou puritana, mas este filme nao eh para mim… sei da cena do outro filme, com Monica Belluccci, e nao eh o tipo de filme que me faria achar “que ida ao cinema legal!” Mas claro, entendo que cada diretor tem sua forma de se expressar! Um abraco e um bom fim de semana!
    DenisesPlanet.com

    Responder
  2. rudynalva

    É por isso que não assisto filmes de sexo, nada contra, mas acho que depois de determinado momento, tudo fica bem repetitivo…mas, não posso negar que excita muita gente.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desvende a charada para validar o comentário *