Arquivos da categoria: Minhas verdades através da música

Agostinho dos Santos [Música]

Share

Um pouco sobre o cantor Agostinho dos Santos

Agostinho dos Santos foi um cantor brasileiro, paulista, nascido em abril de 1932 e falecido em Paris em julho de 1973. Tornou-se muito conhecido após sua participação no filme Orfeu negro, do diretor Marcel Camus. É uma coprodução Brasil – Itália – França, de 1959, tendo recebido a Palma de Ouro em Cannes naquele ano. Ganhou também o Oscar e o Globo de Ouro de 1960 na categoria de Melhor filme estrangeiro.

Agostinho dos Santos

Este post não estava previsto. Está acontecendo por causa da postagem de uma blogueira importante e já mencionada aqui na primeira postagem sobre música do blog por ter sido a responsável pela introdução desta categoria de postagens aqui. Trata-se de Ana Seerig, a quem mais uma vez agradeço pela linda postagem que ela acabou de fazer no blog O que tem na nossa estante.

Uma das m.úsicas pelas quais Agostinho dos Santos é mais conhecido por interpretá-la é Continue lendo

Share

John Barry [Música]

Share

john barry4

John Barry nasceu em 03 de novembro de 1933 em York, município de North Yorkshire, município da Inglaterra e, infelizmente, já faleceu. Sua morte ocorreu em 2011, no dia 30 de janeiro em Nova Iorque. Foi um dos compositores mais famosos do mundo, principalmente, pelo seu trabalho nos filmes de James Bond. Ele foi o responsável por 11 das trilhas sonoras dos filmes de Bond, ou seja, quase metade deles, uma vez que até agora foram rodados 24 filmes, incluindo o último – Spectre. Embora já esteja sendo anunciado o próximo, James Bond está irremediavelmente associado a John Barry e viceversa.

Mas não foi só nos filmes de Bond que ele trabalhou como responsável pela música. Ele chegou a arrebatar cinco estatuetas do Oscar pela trilha sonora de filmes que assinou. Foram para os filmes A história de Elza (Born free, 1967), foram 2 Oscars, um pela música original e outro pela canção original, O leão no inverno (The lion in winter, 1969), Entre dois amores (Out of Africa e 1986), Dança com lobos (Dances with wolves, 1991).

Entretanto, além destes filmes com os quais ele ganhou o Oscar pela trilha sonora ele compôs muitas outras trilhas sonoras que se tornaram famosas como, por exemplo, Midnight cowboy, do filme Perdidos na noite ou do filme Em algum lugar do passado, cujos comentários já foram feitos aqui neste blog. (Confira clicando no link).

Por  curiosidade, realciono abaixo os 11 trilhas dos filmes de James Bond que Barry assinou como responsável, incluindo o arranjo da trilha oficial da marca – o Tema de James Bond.

  • Dr. No de 1962 (ele não assinou a trilha mas fez o arranjo do famoso tema de Bond, o The James Bond Theme)
  • From Russia with Love do filme Moscou contra 007 de 1963,
  • Goldfinger do filme 007 contra Goldfinger de 1964,
  • Thunderball do filme 007 contra a chantagem atômica de 1965,
  • You Only Live Twice do filme Com 007 só se vive duas vezes de 1967,
  • On Her Majesty’s Secret Service do filme 007 a serviço de Sua Majestade de 1969,
  • Diamonds Are Forever do filme 007 – Os diamantes são eternos de 1971,
  • The Man with the Golden Gun do filme 007 contra o homem com a pistola de ouro de 1974,
  • Moonraker do filme 007 contra o foguete da morte de 1979,
  • Octopussy do filme 007 contra Octopussy de 1983,
  • A View To A Kill do filme 007 na mira dos assassinos de 1985 e
  • The Living Daylights do filme 007 marcado para morte de 1987.

Compartilho com vocês uma das mais bonitas músicas destes temas citados. From Russia with love do filme Moscou contra 007.

Todos estes filmes em breve estarão disponibilizados aqui para serem vistos online. Aguarde.

john barry1

Bem, John Barry, como disse, compôs trilhas de vários filmes alem dos filmes da série James Bond. Alem dos dois já citados, relaciono abaixo alguns desses filmes com belas trilhas sonoras.

  • Beat Girl do filme Garota existencialista, 1960,
  • Never Let Go do filme Não me abandone jamais, 1960,
  • Farsa Diabólica de 1964,
  • Zulu de 1964,
  • O Abismo Negro de 1979,
  • Choque de Galáxias de 1978,
  • Monte Walsh de 1970,
  • The Day of the Locust, do filme O dia do gafanhoto de 1975
  • King Kong de 1976,
  • Inside Moves do filme O bar Marx de 1980,
  • Chaplin de 1992,
  • O Especialista de 1994,
  • A Letra Escarlate de 1995.

Compartilho com vocês uma das mais bonitas músicas dele. Ouçam vendo um trecho do filme que ele assinou a trilha e deveria ter ganhado o Oscar por causa disso mas não foi nem indicado. Confiram.

Creio que todos sabem qual é a música mas, deixando aqui registrado, o título é Midnight cowboy, e foi composta para o filme Perdidos na noite dirigido por John Schlesinger e estrelado por Dustin Hoffman e John Voight. O filme ganhou 3 Oscars, de melhor filme, melhor direção e melhor roteiro adaptado e ganhou vários outros prêmios.

Share

Chico Buarque [Música]

Share

filmes-online4

Antes de iniciar a falar sobre este fenômeno da música brasileira, queremos lembrar que, desde a última sexta, dia 06 de novembro, todas as sextas-feiras, você encontrará um novo filme para assistir online, aqui no Verdades de um Ser.  Na primeira sexta-feira foi disponibilizado o filme Malévola, uma versão diferente do conto de A Bela Adormecida, na visão da bruxa malvada, que nem era tão malvada assim. Na semana seguinte você poderá ver Divertida Mente. Infelizmente não será em 3D mas, vale a pena ver.  Agora falemos de Chico.

Nascido em 19 de junho de 1944 (71 anos) no Rio de Janeiro, Francisco Buarque de Holanda, viria a se tornar um dos maiores ídolos da Música Popular Brasileira (MPB), com suas canções românticas e melodias dolentes. Embora ele não tenha  limitado à música, sua expressão artística, foi através dela que ele se consagrou.

chico4

Filho de Sérgio Buarque de Holanda e Maria Amélia Cesário Alvim. Seu pai foi historiador e jornalista e sua mãe pianista e pintora. Aos 9 anos vai morar na Itália com a família pois seu pai fora convidado para lecionar numa universidade de Roma e lá, ele fica até os 16 anos, quando retorna ao Brasil. Durante o tempo que residiu na Itália, aprendeu e praticou  2 idiomas, o inglês e o italiano, além do português que já sabia. Estudou até o segundo ano de Arquitetura em São Paulo mas, abandonou para dedicar-se à sua carreira musical.

chico2

Começou a despontar quando se inscreveu com Sonho de carnaval no I Festival Nacional da MPB em 1965. E como eu lembro deste festival… Ou melhor, daqueles Festivais. Foram inesquecíveis! O povo vibrava junto com os interpretes e/ou os compositores. Para recordar, compartilho com vocês, dois filmezinhos de momentos marcantes daqueles Festivais. Vejam e escutem abaixo os filmes. A qualidade não é boa mas vale pelo documento histórico. No primeiro vídeo, prestem atenção na participação de Jair Rodrigues, vibrando, junto com o público, ao lado de Chico. É ontológico!

Clique na setinha para direita e aguarde alguns minutos. Se sua conexão é de menos de 2MB clique na setinha e depois em pausar. Aguarde carregar o vídeo antes de executá-lo.

A banda vencedora do II Festival da MPB em 1965

Continue lendo

Share

Wolfgang Amadeus Mozart [Música]

Share

O primeiro contato que tive com Mozart foi através de uma música belíssima que existia numa coleção da Abril Cultural que meu pai tinha comprado e que me acostumei a ouvir muitas e muitas vezes. O título desta música é Eine Kleine Nachtmusik. Assistam ao vídeo abaixo com a orquestra de Viena.

Mozart nasceu em  Salzburgo, na Áustria, em 27 de janeiro de 1756 e faleceu em Viena, em 5 de dezembro de 1791, com apenas 35 anos, portanto. Prestes a completar 36. Seu nome era Johannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart mas, todos o conhecem por Wolfgang Amadeus Mozart. Foi um dos maiores gênios da música em toda a história da humanidade.

Escute também a Sonata para piano nº 11 clicando na setinha pra direita acima (Na faixa preta no topo da postagem). Vale a pena ouvir também as sinfonias do vídeo abaixo. São as sinfonias números  25, 29, 35, 36, 38, 39, 40 e 41 com a orquestra de Elmer Bernstein.

Foi um grande prodígio! Já aos 4 anos começou a estudar música com o pai que era um famoso violinista, e, já aos 5 anos, ele fazia sua primeira aparição em público, na Universidade de Salzburgo, com uma récita  de  obras de Johann Eberlin.

mozart1web

Há 30 anos foi realizado um filme dirigido por Milos Forman, que retrata a vida deste famoso compositor, no qual fazem uma espécie de caricatura do compositor, com um desempenho brilhante de Tom Hulce, sendo o mesmo indicado ao Oscar de melhor ator em 1985, ano em que o filme foi lançado. Ele não ganhou o Oscar mas, o filme recebeu nada menos que 8 estatuetas, incluindo a de melhor filme do ano. Seu títtulo? Amadeus. Este filme foi um sucesso estrondoso! Basta dizer que foi indicado a 53 prêmios, tendo arrebatado 40 deles.

Cena do filme Amadeus

Cena do filme Amadeus

 

Cena do filme Amadeus

Cena do filme Amadeus

Ao longo da vida faz muitas viagens, o que lhe prejudicou muito a saúde. Aos 6 anos viaja para Munique onde se apresentaria para o Duque da Baviera, o Príncipe Carlos Teodoro. No mesmo ano viaja ainda para Viena e várias outras cidades, onde tocava para nobres da Corte. Adoece ao voltar para casa. Sua personalidade e sua vida teve influência marcante de seu pai, Leopold. Ele era alem de seu grande incentivador e divulgador, era também seu agente, professor, empresário,  relações públicas, secretário e demonstrava um grande orgulho em ser seu pai. Havia porém uma grande disciplina contra a qual, mais tarde, Mozart iria se rebelar, afastando-o do pai.

mozart

JPH73646 Wolfgang Amadeus Mozart (1756-91) and his sister Maria-Anna, called 'Nannerl' (1751-1829) (ivory) by Alphen, Eusebius Johann (1741-72) ivory Mozart Museum, Salzburg, Austria German, out of copyright

Wolfgang Amadeus Mozart e sua irmã Maria-Anna, chamada de ‘Nannerl’ Mozart Museum, Salzburg, Austria

Perto de completar os 30 anos ele viaja para Viena onde passa a viver e, com o pai, só se encontra duas vezes. Passa a ter uma vida desregrada e de boemia. Casa-se com Constanze, mulher vulgar, inculta, caprichosa e astuta que, apesar disso, faz Mozart muito feliz e o acompanha até o fim da vida.

Mozart_Portrait

Share

Roberto Carlos – Parte 1- [Música]

Share

Clique na setinha acima para ouvir a música. Caso queira parar, clique no autofalante à direita.

Até 1969 – Primeira parte.

Roberto Carlos, batizado como Roberto Carlos Braga, é um dos mais conhecidos cantores brasileiros, inclusive no exterior. Seu sucesso é, praticamente sem precedentes no Brasil pois, há mais de 50 anos, ele é sucesso no país. Nenhum outro cantor nacional teve tanta longevidade em seu sucesso. E é sucesso absoluto, grandioso. Aonde ele se apresenta, seus shows são sempre lotados. São fans que ele tem, desde pessoas que, na época em que ele iniciou sua carreira eram jovens e, hoje têm mais de 60 anos, como jovens, que hoje tenham de 15 a 20 anos. Ele tem fans que hoje tem 10 a 15 anos, do mesmo modo que também tem fans que hoje já contam com 70 a 80 anos.

Isso é verdadeiramente, um fenômeno!

roberto-carlos

Nasceu em Cachoeiro do Itapemirim no Espírito Santo, em 19 de abril de 1941 e, em 1955 ele mudou-se para Niteroi – RJ, onde passou a morar, tendo ligações com o rock, que admirava através de Elvis Presley, Bill, Haley e outros. Em 1957, foi levado por um colega de escola, para se Continue lendo

Share

Maurice Jarre [Música]

Share

 

Participe da promoção de aniversário do blog para ganhar uma surpresa. Não é sorteio. Leia as regras no final desta postagem.

 

maurice-jarre1

Maurice Jarre é um dos compositores de cinema entre os meus favoritos. Foi o responsável por várias músicas inesquecíveis do cinema como, por exemplo, Doutor Jivago ou Ghost. Mas foram muitos os trabalhos deste maestro extraordinário e compositor fantástico. Já arrebatou 3 Oscars da Academia e 4 Globos de Ouro além de 2 Grammys. Uma informação que não sabia e descobri agora ao pesquisar para escrever este post é que ele é o pai do famoso e também magnífico Jean Michael Jarre. Filho de peixe, peixinho.

maurice_jarre

Para começar, disponibilizo para quem não conhece um vídeo com cerca de 10 minutos de música do filme Doutor Jivago do qual falei recentemente por causa da morte de Omar Sharif. E se você desejar assistir ao filme completo, original, acesso o site MemoCine no link. É um site maravilhoso que descobri recentemente, no qual Continue lendo

Share

Henry Mancini [Música]

Share

henry mancini
Henry Mancini foi, para mim, um dos melhores músicos do cinema. Vim a conhecê-lo após assistir ao filme Charada de Blake Edwards em 1965, embora já tivesse assistido a outros filmes nos quais ele foi o responsável pela trilha sonora como O esporte favorito do homem (1963) ou Hatari (1962). Foi através de Charada que Mancini ficou gravado em minha lista de compositores favoritos do cinema. Depois, vieram muitos outros que só fizeram, eu me tornar mais fã ainda do compositor. Um tiro no escuro (1964), A pantera cor de rosa (1963), que apesar de anteriores, só foram vistos por mim em 1966 e Vitor ou Vitória (1982), Bonequinha de luxo (1961) com o belíssimo tema Moon River e tantos outros.

henry-mancini-04

Mancini nasceu em abril de 1924 em Cleveland, nos Estados Unidos e faleceu em junho de 1994 em Beverly Hills. Conquistou ao longo da carreira muitos prêmios, incluindo dois Oscars da Academia (Bonequinha de luxo (1962) e Vitor ou Vitória (1983) e mais de 10 Grammies. Recebeu ainda, mesmo depois de morto, seis Grammies por sua Continue lendo

Share

Os Beatles – Parte 1 [Música]

Share

Os Beatles foram um grande sucesso na década de 60 do século passado e, até hoje, suas músicas ainda são tocadas e muitos são os seus fãs. Quatro rapazes ingleses, de cabelos compridos e sempre de paletós pretos, formaram uma banda que se tornou lenda na história da música. Posteriormente, mudaram as cores dos paletós mas, sempre trajaram roupas formais, pelo menos depois que formaram a banda definitiva.

Seus componentes eram: John Lennon (guitarra rítmica e vocal), Paul McCartney (baixo, piano e vocal), George Harrison (guitarra solo e vocal) e Ringo Starr (bateria e vocal).

Liverpool, 1960 – Lennon, McCartney, Harrison, Stuart Sutcliffe (baixo) e Pete Best (bateria) criavam uma banda de rock que viria a se tornar a mais bem sucedida banda da história musical popular. Inicialmente, não tinham o nome da banda que passaram a usar. O nome The Beatles é uma mistura de beetle (besouro) com beat (batida). O primeiro nome da banda foi The black Jacks que, logo depois, foi substituído por The Quarrymen segundo informações da Wikipédia. Antes de seu nome definitivo, a banda teve vários outros nomes. Em 1962, passaram a ter a formação definitiva que perdurou até a extinção da banda em 1970, quando cada um seguiu sua carreira solo. Chegaram a ser condecorados pela rainha da Inglaterra com o título de ‘Membros da Ordem do Império Britânico’.

thebeatles5 Continue lendo

Share

Accioly Neto [Música]

Share

Accioly Neto foi um compositor extraordinário que, só recentemente, vim a conhecer. Embora já tivesse ouvido muitas de suas músicas, nunca tive curiosidade de procurar saber quem as tinha composto. Por causa de uma menina com quem namorei, descobri não só este, mas muitos outros compositores fantásticos como Xico Bizerra e Petrúcio Amorim, e outros muito bons como Cristina Amaral, Rogério Rangel, Roberto Cruz, Andrezza Formiga, Santanna, o cantador (apenas cantor), Maciel Melo, Waldir Mansur, entre outros.

accioly neto Continue lendo

Share

Autobiografia musical [Texto autoral]

Share

Um post diferente.

Hoje estou com vontade de escrever alguma coisa diferente. Andei visitando alguns blogs nos últimos dias e, tive uma grata surpresa ao acessar O que tem na nossa estante. (Clique no link para acessar)  É um blog riquíssimo, que trata de livros, filmes, séries e música. Pois é! Desde que li A playlist de Hayden (Michelle Faulkoff), venho pensando em escrever alguma coisa com as músicas que tanto aprecio. Na verdade, música é uma coisa que está entranhada em meu ser, até bem antes da literatura e do cinema. Faz parte, portanto, das minhas verdades. E, seguindo a trilha do blog citado, vou introduzir aqui no blog uma nova página – dedicada à música. Continue lendo

Share