Link
Share

longe-lugar-inexistente2LONGE É UM LUGAR QUE NÃO EXISTE
Richard Bach – Ed. Record. 7ª edição, 1981, RJ. Ilustrações – Ron Wegen, Tradução – A. B. Pinheiro de Lemos.
Sinopse: “Há muito tempo, Rae Hansen, uma menina às vésperas de seus cinco anos, convida o amigo Richard Bach para sua festa de aniversário. Confiante, ela o espera, apesar de saber que sua casa ficava além de desertos, tempestades e montanhas. Esta história narra como Richard Bach chega até lá e o presente que ele dá para Rae.” [Extraído do site da Saraiva. Disponível em http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=171323]
Do mesmo autor de Fernão Capelo Gaivota, este livro é um poema ao encontro, ao amor e aos valores significativos de um ser. Este livro me foi presenteado em 24/maio/1982. Foi adquirido na antiga Livro 7 e na sua folha de rosto ainda se encontra o selo daquela saudosa livraria da Sete de Setembro, ponto de encontro de muitos poetas, escritores e apaixonados por livros.
O livro é bem curtinho. Tem apenas poucas páginas, sendo a maior parte delas de ilustrações mas, sua riqueza é imensa! Tal qual o livro com que o autor conquistou sua fama mundial – Fernão Capelo Gaivota – para mim um dos melhores livros que já li em toda a vida, este é um verdadeiro tesouro. Suas mensagens foram tão significativas e importantes para mim que, a frase final do livro, a elegi como frase de despedida e fechamento de minha antiga estação de rádio amador que por alguns anos detive a propriedade, a famosa Estação Pássaro de Prata, na qual, em todas as noites, me despedia com a seguinte mensagem:
Voe livre e feliz! Além de aniversários e através do sempre. Haveremos de nos encontrar outra vez, sempre que desejarmos, no meio da única comemoração que não pode jamais terminar.
[Sutilmente modificada por mim, para dar-lhe a entoação que usava na despedida de minha estação.]
Richard Bach nasceu em Illinois, nos Estados Unidos em 23 de junho de 1936. Sua principal ocupação era ser piloto reserva da Força Aérea e, assim como Saint Exupéry, praticamente todos os seus livros relacionam-se com o voo. Seus primeiros livros, ainda na década de 60 do século passado, eram sobre voar em aeronaves. O primeiro livro escrito em 1963 foi Stranger to the Ground (Estranho à Terra) onde o autor trata sobre aviação, voo, pensamentos de um piloto solitário no espaço. Seu segundo e terceiro livros, do mesmo modo, trataram do mesmo tema. Em 1966 foi lançado Biplano e em 1969 um outro intitulado Nada por acaso. Só em 1970, quando ele lança Fernão Capelo Gaivota que seu estilo passa a ser outro, construído através de parábolas e metáforas. No entanto, em toda sua obra, o voo é uma complexa metáfora filosófica. Bach alcançou enorme sucesso com Fernão Capelo Gaivota, sucesso este não igualado por seus livros posteriores; entretanto, seu trabalho continua popular entre os leitores.
Ele a princípio, usava a Internet com uma seção própria na Compuserve, de onde respondia, pessoalmente, os e-mails recebidos, até que a enorme demanda o obrigou a largar o passatempo. Ele também mantinha um website, que, a partir de novembro de 2005, passou a possuir apenas uma ligação (em inglês) para a venda do livro “Messiah’s Handbook.
Richard Bach escreveu os seguintes livros:
1963 – Stranger to the Ground (Estranho à Terra)
1966 – Biplane (Biplano)
1969 –  Nothing by Chance (Nada por Acaso)
1970 – Jonathan Livingston Seagull (Fernão Capelo Gaivota)
1974 –  A Gift of Wings (O Dom de Voar)
1976 – There’s No Such Place As Far Away (Longe é um lugar que não existe)
1977 – Illusions (Ilusões – As aventuras de um messias indeciso)
1984 – The Bridge Across Forever (A Ponte para o Sempre)
1988 – One (Um)
1994 – Running from Safety (Fugindo do Ninho)
1999 – Out of My Mind (Fora de Mim – A descoberta de saunders-vixen)
2002 – Air Ferrets Aloft (Um voo solitário)
2002  – Rescue Ferrets at Sea (Resgate no Mar)
2002 –  Writer Ferrets: Chasing the Muse (Em Busca de Inspiração)
2003 –  Rancher Ferrets on the Range
2003 – The Last War (não lançado no Brasil)
Flying – 2003
Messiah’s Handbook (Manual do Messias – Um guia para a alma avançada) – 2004
[FONTE – Wikipédia]

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “Longe é um lugar que não existe [Livro]

Os comentários estão fechados.