Link
Share

Pé na estrada: viagens perfeitas e-Book, DF, 2013.
Autoria – Claudia Ziller Faria. Revisão – Ângela Moraes Ziller.

pé na estrada

Descrição do produto
A maioria das pessoas gosta de viajar. No entanto, muitas voltam para casa decepcionadas com a viagem. Este livro analisa 10 componentes que, bem utilizados, podem tornar a experiência maravilhosa. Com base em relatos pessoais, a autora mostra que é possível aproveitar até contratempos para ter uma viagem perfeita. [Extraído do site da Amazon, disponível no link  ]

Trata-se de um livro de dicas sugeridas para quem deseja realizar viagens agradáveis. A autora se autodenomina doutora em viagens e, para provar isso, até apresenta um currículo. Diz ter estudado na universidade “Batendo as asas” assim como também, afirma ter defendido dissertação e tese, de mestrado e doutorado, respectivamente. Só esqueceu de informar em que universidade as defendeu. Não sei se na mesma que cursou a graduação pois, caso afirmativo, essa borboleta (que é um inseto), deveria sofrer dedetização urgente. Mas isso é apenas um detalhe desta POR-CA-RIA que o mercado editorial atual permite existir. Lamento muito ter pagado sete reais por uma “obra” execrável como esta. Infelizmente, qualquer um hoje em dia, pode publicar um livro, especialmente e-Books.

A revisora, a sra. Angela Moraes Ziller, certamente parente da autora, a julgar pelo sobrenome, ou é completamente analfabeta ou é totalmente desatenta. Em qualquer das hipóteses, considero um enorme desrespeito para com o leitor, colocar à venda, um livro com tantas e tão grosseiras incorreções.

Algumas são tão rudimentares, que até uma criança semi-alfabetizada saberia que aquilo está errado! Como por exemplo, “seu bem do que gosto” ao invés de ‘SEI bem do que gosto”, ou outros que, só quem é realmente analfabeto escreveria, como é o caso de escrever a palavra viagem (substantivo) com J. Talvez aqui esteja falando grego pois talvez essa senhora nem saiba o que é substantivo e verbo.

Então, já que ela não aprendeu na escola, se é que nela estudou, vou aqui dar a ela uma aula gratuita. Não cobrarei nada por isso.
VIAGEM e VIAJEM. As duas palavras existem e estão grafadas corretamente só que tem uma pequena diferença entre elas. A primeira, VIAGEM, com G, é um substantivo, usa-se quando se refere a um objeto ou ser. Se você quiser saber se uma palavra é substantivo, coloque o artigo na frente. O, A, OS, AS, UM, UMA, UNS, UMAS, isto é, artigo definido ou indefinido. Um lápis, uma caneta, os meninos, a camisa, etc. Se a expressão tiver sentido lógico, a palavra é substantivo. Caso contrário, não é. Exemplo: “um verde” ou “a depressa” nada significam. Esta regra nem sempre é válida pois nem sempre o A é um artigo e, muitas vezes, palavras que não são substantivos transformam-se em tal ao serem antecipadas por um artigo, seja ele definido ou indefinido. Mas substantivo sempre é um SER. Já o verbo representa uma AÇÃO.
Assim, se viagem é o objeto que estamos tratando, isso é um substantivo e se escreve com G.
Se viajem é uma ação, logo terá que ser praticada por alguém, isso é um verbo e, como tal, deve ser escrito com J. Deu pra entender? Se não deu me procure que lhe ensino melhor. Só não saia por aí arvorando-se de revisora de livros pois sua capacidade é limitada.

***

Encontrei no site da Amazon onde comprei o livro, duas opiniões que me motivaram a comprar o livro, bastante tendenciosas. Na ocasião não me dei conta de que aquelas opiniões podiam ser de parentes ou amigos da autora que ali se manifestaram apenas como propaganda para as pessoas comparem o livro. Então escrevi o comentário abaixo.

As duas outras pessoas que fizeram a resenha deste livro, certamente, ou são parentes ou amigos da autora pois dizer que este livro é de uma leitura agradável é, no mínimo, um exagero!
O livro é MUITO MAL ESCRITO!!! Com erros de grafia, de concordância e de correção absurdos! Só os que contei, foram 27 (vinte e sete). Pasmem!!! Vinte e sete erros em apenas 108 páginas; São erros banais como escrever “seu” no lugar de “SEI” ou erros graves como escrever o substantivo viagem com J. Estou escrevendo no meu blog uma resenha pra expor tudo isso mais detalhadamente mas, quero deixar aqui este alerta pra evitar que outros incautos como eu, que fui acreditar nas recomendações de pessoas irresponsáveis, não percam seu dinheiro com uma porcaria como esta.
Realmente, o livro apresenta algumas dicas importantes a serem seguidas numa viagem mas, nada que alguém de bom senso não possa descobrir com facilidade.
A autora se diz doutora em viagens só porque fez 20 (vinte) viagens na vida. Imaginem só! Vinte viagens em uns 30 anos de vida. O que será então que posso dizer das minhas mais de 200? Isso mesmo. Mais de duzentas viagens que fiz. Seria eu então mega hiper deca doutor em viagens. Mas não me considero assim. Só digo que já fiz muitas viagens, nada mais.
Alem de todos esses defeitos, o livro é MUITO REPETITIVO. A autora pra encher linguiça, escreve 3, 4 vezes a mesma coisa em partes diferentes do livro.

Não recomendo! E aos desavisados, um alerta. Cuidado! Mereceu duas estrelinhas pois, apesar de tão ruim, ainda tem algumas coisas aproveitáveis.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share