A bossa da conquista… e como consegui-la – Richard Lester [Filme online]

Share

Direção – Richard Lester

Richard Lester, diretor inglês responsável pelos dois primeiros filmes dos Beatles, realizou esta obra-prima do cinema baseando-se na peça homônima de Ann Jellicoe. Conquistou a Palma de Ouro em Cannes no mesmo ano do seu lançamento.

Richard Lester

Sobre o filme

Richard Lester, auxiliado por uma belíssima música de John Barry, realizou uma das mais belas obras da sétima arte a que já assisti. É uma comédia leve, agradável, com cenas muito divertidas, com um toque satírico levando quase ao ridículo os costumes da época.

Richard Lester

É um filme muito raro e, o blog Verdades de um Ser está lhe oferecendo a chance de ver ou de rever esta obra magnífica do cinema britânico. Só pela música que é escutada ao longo de quase todo o filme, já compensa o tempo que você passará assistindo a este filme. E você poderá ver este filme online quantas vezes quiser pois, ele ficará disponível aqui a partir de hoje. Espero que você goste. Lembre de deixar um comentário após ver o filme para enriquecer o blog com a sua opinião, críticas ou sugestões.

Richard Lester

Dados técnicos do filme

Título original – The knack… and how to get it
Direção – Richard Lester
Produção – Inglaterra
Ano de lançamento – 1965
Duração do filme – 1 hora e 25 minutos
Música – John Barry
Elenco e personagens:
Rita Tushingham – Nancy Jones
Michael Crawford – Colin
Ray Brooks – Tolen
Donal Donnely – Tom
John Bluthal – Padre
Wensley Phitey – Professor
Charlotte Rampling – extra
Jacqueline Bisset – extra
Jane Birkin – extra

Richard Lester

 

LEIA AS INSTRUÇÕES ABAIXO COM ATENÇÃO

Se você chegou até aqui através da página Compartilhando minhas verdades [Filmes online] você já deve ter lido as instruções abaixo. Basta então seguir àquilo que você já leu naquela página. Caso tenha vindo até aqui diretamente pela postagem, leia com atenção o restante das instruções.

Instrução adicional

Para assistir aos filmes deste blog você deverá estar inscrita(o) no Vk, site onde estão hospedados todos os filmes que aqui são disponibilizados. Após o registro no Vk , que você só precisa fazer uma vez, sempre que você for assistir a algum filme deverá primeiro fazer o login com seu email ou telefone registrado e a senha usada no registro. Para se registrar ou fazer login, acesse o link ao lado. Registro no Vk.

Para assistir ao filme abaixo, após ter feito o login no Vk, você deve clicar na setinha para direita. e logo em seguida clicar em pausar. Espere para carregar o filme aguardando algum tempo. Dependendo da velocidade de sua conexão, isto poderá levar de 5 a 10 minutos, até que o filme seja carregado. Depois desse tempo clique na setinha novamente para parar a exibição. Aguarde então alguns minutos mais, enquanto os próximos minutos do filme são carregados. Você verá a linha do tempo sendo preenchida. Quando ela estiver preenchida até perto da metade, pode dar início novamente à exibição.

Se a espera for maior do que este tempo, sugiro que reduza a resolução para 240p. Isto irá baixar a qualidade da imagem, ou então, espere mais tempo. Provavelmente, neste caso, se você não baixar a resolução, haverá interrupções ao longo da exibição. Porém se a velocidade de sua conexão estiver boa, aumente a resolução conforme desejar para usufruir de melhor qualidade.

Recomendações

Ajuste o áudio conforme sua conveniência no próprio player do filme e no seu sistema operacional. É recomendável a utilização de fones de ouvido para apreciar melhor os sons do filme. Você também pode assistir ao filme em tela cheia, basta clicar na setinha (semelhante à figura abaixo) do lado inferior direito.

Depois de assistir ao filme, pode fazer um comentário sobre ele. Até peço que o faça. Será muito útil. Não só para mim, que poderei avaliar como está repercutindo meu esforço, como também para outros visitantes, que poderão saber opiniões de outras pessoas sobre o filme a que irão assistir (ou não).  Basta clicar em “Deixe um comentário” ou “xx resposta(s)” no início da postagem no canto superior esquerdo. Boa diversão.

 

IMPORTANTE

Este blog não tem fins lucrativos. Não recebo nada pelo que ofereço, além da satisfação dos leitores. No blog não tem propaganda de nenhuma espécie. Não tenho intenção de infringir a lei. Se alguém se sentir prejudicado em seus direitos autorais, basta me enviar uma mensagem pelo email que tirarei de imediato o filme do blog.

Peter R. Hunt

Filme da próxima sexta-feira

Na próxima sexta, o Blog Verdades de um Ser estará oferecendo mais um filme online para você ver e se divertir. Desta vez, será disponibilizado o filme O rato na lua , ainda em comemoração ao aniversário do festival de Richard Lester no Cinema de Arte Coliseu há 49 anos.

The following two tabs change content below.
Alberto Valença nasceu em Olinda - PE. Sempre gostou muito de escrever, sendo a leitura um de seus divertimentos preferidos. Com quatro graduações concluídas, o autor enveredou por várias áreas do conhecimento. Em 1973 concluiu Licencitaura em Física pela UFPE, em 1980 concluiu Bacharelado em Psicologia e Formação de Psicólogo com especialização na área de Psicologia Escolar. em 1999 bacharelou-se em Direito e, no mesmo ano, foi aprovado na OAB-PE exercendo a profissão por dez anos. Publicou em 2014 um poema numa antologia e, agora, publica 15 poemas em outra antologia. Desde a infância gostava também de cinema e, em 2006, criou o blog Verdades de um Ser no qual divulga seus textos e comenta sobre literatura e cinema. Posteriormente, criou também o blog O seu companheiro de viagem, com o qual compartilha suas experiências de viagem oferecendo sempre dicas valiosas para quem quer viajar.
Share

Uma ideia sobre “A bossa da conquista… e como consegui-la – Richard Lester [Filme online]

  1. Denise

    Me parece bem bom, e eu adoro os filmes de Lester (mais pelos Beatles 🙂 . Este me parece ser interessante ja a partir do nome, e sendo antigo, ja ganha pontos comigo! Um abraco!
    DenisesPlanet.com

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *